Update: 19/01/2016

Kirk

Confira um resumo desta terça no Chicago Bulls.

Mais uma Baixa
Sem Mike Dunleavy e Joakim Noah, o time de Illinois ganhou mais um desfalque para essa semana. O veterano Kirk Hinrich, com uma lesão no abdômen/quadril, ficará, pelo menos, fora dos três próximos jogos (Warriors, Celtics e Cavaliers), de acordo com Fred Hoiberg. A ideia é utilizar o Capitão a partir da próxima semana, onde Chicago pegará a estrada rumo a costa oeste para uma boa sequência de jogos como visitante.

Boas Notícias
Falando nos lesionados, Mike Dunleavy, que se recupera de uma cirurgia nas costas, foi liberado essa semana para os treinos sem contato. A expectativa é que o ala volte a atuar em fevereiro.

Joakim Noah, que sofreu nova entorse no ombro esquerdo, foi submetido hoje a cirurgia no local. De acordo com Hoiberg, a operação foi bem sucedida. Se der o tempo mínimo de recuperação, Jo pode voltar ainda nos playoffs, mas as mídias locais já dão como certa a ausência de Noah para o restante da temporada.

Elogios
Fred Hoiberg, além de falar de seus jogadores, não poupou elogios ao armador (adversário de amanhã e possível MVP), Stephen Curry, do Golden State Warriors. Hoiberg apontou o camisa 30 como o maior arremessador de todos os tempos, acima de lendas como Reggie Miller e Ray Allen. É para tudo isso, treinador?

Elogios a parte, o Chicago Bulls volta a quadra amanhã, onde encara o melhor time da NBA no momento: o Golden State Warriors. A bola sobe a partir das 23:00, com transmissão ao vivo na ESPN+.

 

3 Respostas para “Update: 19/01/2016

  1. Curry o maior arremessador da história? Bem pra mim e pra uma grande maioria, isso já é um fato, não há como comparar jogadores q esperavam outros criarem jogadas e abrirem espaço para passarem à bola, para q eles podessem receber livre e arremessar sem marcação, Curry cria o próprio arremesso, dribla, arremessa em movimento, arremessa com à marcação em cima, e msm assim acerta 44%, 45% dos arremessos, médias da carreira dele, Allen e Miller arremessaram acima dos 40% nas bolas d 3 em uma temporada 8x e 10x respectivamente em suas respectivas carreiras, Curry passou dos 42% nas bolas d 3 em todas as temporadas da carreira 7x e contando, não vou nem citar o número d bolas d 3 acertadas em uma temporada pq aí já é covardia, enquanto o record antigo era do Allen com 270, Curry já bateu uma vez com 273, duas vezes com 286 e se continuar no ritmo em q está, nessa temporada vai passar das 350 facilmente se jogar 70 jogos, se jogar 80 vai chegar perto d 400, acho q isso já prova quem é o melhor, os números estão aí, sou Bulls até o Fim, más tenho q me render ao maior arremessador da história da NBA.

  2. Curry de fato é o maior arremessador que eu vi jogar, e olha que eu peguei o Fim do Magic Johnson e Larry Bird, os títulos o colocarão nesse patamar de ser indiscutível, mas acima dos citados com certeza, como o AldoNBA falou o Curry cria o arremesso, e não importa a distância, ele arremessa e na maioria das vezes cai, o chute em movimento está absurdo e a mecânica do chute desafia os olhos, é simplesmente incrível, quem já jogou basquete (amador, rssrsr) sabe o quanto é dificil esse tipo de arremesso.

    O Golden State, se tivesse um pivô forte dominaria a liga nos próximos 5 anos com certeza, talvez só um Spurs possa fazer frente a eles hoje em dia, de resto é torcer para vencermos pelo menos nossa conferência, mas as lesões não deixam. O time nunca está completo. Mesmo assim!

    Go Bulls!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s