Anos Sofríveis: 1976 – 1984

Com as mudanças no elenco da equipe que chegou por anos seguidos aos playoffs, somado à rídicula campanha de 24-58 na temporada 1975-1976, a estabilidade que a franquia adquirira dentro da liga estava em cheque.

Os resultados imediatos, contudo, foram surpreendemente bons: o novo técnico Ed Badger levou o Bulls à uma bela campanha em 1976-1977 de 44 vitórias e 38 derrotas (20 vitórias a mais que no ano anterior). A equipe contava com o reforço do pivô Artis Gilmore, que foi adquirido da ABA para a temporada. Ele ficaria com os Bulls por 6 temporadas. Juntamente com o novato Scott May e o veterano Norm Van Lier, foram fundamentais para a excelente recuperação do time dentro da temporada, vencendo 20 dos últimos 24 jogos e adquirindo lugar nos playoffs mais uma vez. Para a infelicidade da fanática torcida que costumava comparecer (mas quase nunca lotar) o Chicago Staidum,  a tragetória seria interrompida pelos eventuais campeões Portland Trail Blazers, de Bill Walton.

A equipe de 1977-1978 não conseguiu chegar aos playoffs, tendo atingido apenas 40 vitórias em 82 jogos. Artis Gilmore jogou o  All-Star Game de 78. Era o primeiro dos outros quatro que o pivô participaria representando o Bulls.

A temporada seguinte foi o início de um período negro que estava por vir na história da franquia. Foram 31 vitórias com dois técnicos diferentes: Larry Costello, que iniciou a temporada substituindo Badger, e Scotty Robertson, que assumiu após 20 vitórias em 52 jogos. Mais uma vez, o líder do time era Gilmore, mas que contava com a ajuda do novato Reggie Theus (escolha do Bulls no primeiro round do Draft de 78), que iniciava uma carreira de 13 anos já nomeado para o time de novatos daquela temporada.

A campanha seguinte foi ainda pior. O novo técnico era Jerry Sloan, que iniciava, após ter se aposentado em 1976 e ter sido assistente-técnico desde então, uma das mais brilhantes carreiras de um técnico da NBA em toda a história. O início de seu trabalho foi complicado devido à ausência por contusão do astro Artis Gilmore por 34 partidas.

Com a entrada de um novo time na liga, o Dallas Mavericks, o Chicago Bulls foi deslocado para a Divisão Central em 1980-1981. Com 45 vitórias e 37 derrotas, o time chegou aos playoffs pela primeira vez desde 1977. As 13 vitórias em 15 partidas foram fundamentais para a classificação. Na primeira fase, os Knicks foram eliminados. Mas os Celtics, que mais tarde venceriam o campeonato, logo apareceriam em seguida.

No Draft de 1981, o ala Orlando Woolridge seria escolhido para reforçar o elenco. Mas após a promissora campanha do ano anterior, o que aconteceria em 1981-82 seria decepcionante: apenas 34 vitórias e a demissão de Sloan, que seria substituído pelo General Manager Rod Thorn. Mais uma vez, Gilmore era a principal peça do time. Ele continuava a se destacar bastante num time cheio de altos e baixos.

O plantel de jogadores foi reformulado: a escolha do primeiro round do Draft de 1982 draft foi o armador Quintin Dailey, que era muito talentoso, mas também muito problemático; Artis Gilmore foi trocado para o San Antonio Spurs por Dave Corzine e Mark Olberding.

Nada adiantava. O time ia chegando cada vez mais ao fundo do poço, jogando pior ano após ano. Na temporada de 1982-1983 foram 28 vitórias sob o comando do novo técnico Paul Westhead (que já havia ganho um título com o Los Angeles Lakers em 1980). As coisas só pioravam: Woolridge se ausentou nos 25 jogos finais após passar por uma cirurgia no joelho. Entretanto, sobresaíram-se Reggie Theus, com média de 23,8 pontos por partida e All Star daquele ano, e o novato Dailey, nomeado para o time de calouros.

Com a demissão de Westhead, a temporada seguinte começava com Kevin Loughery assumindo o cargo. A segunda pior marca da história do Bulls foi atingida: 27-55. Com a saída de Reggie Theus no meio do campeonato, envolvido numa troca com o Kansas City, aparecia uma necessidade por um armador na posição 2 (Shooting Guard).

A pífea campanha da temporada 1983-1984 incomodava a torcida de Chicago. Mas quis o destino que a nuvem negra que pairava sobre o Chicago Stadium nos últimos anos tivesse as melhores intenções possíveis….

Anúncios

WordPress.com.

Acima ↑