De Saída

0415_mascots-benny-bull_485x340

Depois de 12 anos, o homem que incorporava nosso mascote não retorna na próxima temporada.

 

Barry Anderson. Para quem não conhecia, esse era o cara por trás de Benny The Bull, um dos mascotes mais carismáticos não só da NBA, mas das grandes ligas americanas, em geral. O anúncio saiu no último sábado.

“Depois de 12 anos incríveis, é hora de explorar este mundo, esta vida, mas sem o meu amigo vermelho. No que tem sido uma escolha dificílima de se fazer, decidi que 30 de junho será meu último dia no Chicago Bulls, onde meu coração vai viver para sempre”, disse Barry em sua conta no Facebook.

A franquia confirmou que ofereceu para Anderson, que foi eleito o Mascote do Ano pela NBA em 2015, um novo contrato e disse que o mascote iria voltar de alguma forma. Quando Anderson substituiu Dan Lemonnier, em 2004, o mascote passou por uma transformação (perdendo uns quilinhos).

Anderson, que não quis falar, tinha um estilo acrobático, algumas vezes de modo agressivo que arrancava risos e arrepios, durante as partidas. O mascote é um embaixador popular para a equipe, mesmo durante a offseason, fazendo aparições nas escolas e em serviços comunitários.

Ainda não se sabe quem será o seu substituto.

Fonte: Chicago Tribune

Link da notícia: http://www.chicagotribune.com/sports/basketball/bulls/ct-benny-the-bull-leaving-team-spt-0416-20160415-story.html

Pela Liga

Os times que ficaram pelo caminho vão se mexendo para ter um 2017 melhor. A primeira notícia saiu de Phoenix, quando o Suns confirmou que efetivará Earl Watson como técnico da equipe na próxima temporada com o novo vínculo de duração de três anos.

E depois de um ano sabático, Tom Thibodeau está de casa nova. Esta tarde foi anunciado que nosso ex-técnico fechou um acordo de 5 anos (U$ 10 milhões por temporada) com o Minnesota Timberwolves, um dos times mais promissores da liga. Ele atuará não só como técnico, como também será o presidente de operações, semelhante ao que Doc Rivers faz nos Clippers.

Olho nos Wolves em 2017. Agora com um técnico de elite, podem alçar vôos maiores.

5 Respostas para “De Saída

  1. O atual Benny vai fazer mais falta que o Gasol ano que vem😀

    Thibs nos Wolves é uma grande incógnita. Pode dar muito certo como pode travar o promissor time dos Lobos. Em Chicago, Thibs não dava muita oportunidade para os jovens jogadores…com um elenco repleto de jovens talentosos, estou curioso pra ver como ele vai se sair.

    Se der certo, esse time dará MUITO trabalho em uns 2 anos. A conferir.

    • LEONEL DE SOUSA NAVA FILHO

      Concordo que Thibs será uma grande incógnita pros wolves, mas lá ele não tem opção a não ser usar os jovens. O que resta saber é: o time dos wolves tem um ímpeto ofensivo muito forte em virtude do elenco jovem e sabemos que Thibs é um dos melhores, se não o melhor, técnico defensivo da liga. Se os wolves melhorarem na defesa sem perder o lado ofensivo, vai ser muito mais interessante ver esse time jogar.

  2. Wolves será o capeta em forma de time temporada que vem, anotem aí.. acertaram em cheio, enquanto a gente é treinado por um frouxo.

    • Temporada que vem ainda tenho dúvidas, embora a calourada já tenha demonstrado enorme talento. Haverá um período natural de adaptação dos garotos ao Thibs, e leva um certo tempo para adquirir aquela maturidade na parte defensiva. O Wolves da segunda metade da próxima temporada deve começar a ficar interessante.

      Agora, o Thibs, encaixado, numa segunda temporada por lá, segura que eu quero ver.

  3. Qual o nome da música?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s