Thank You, Captain!

kirkhinrichbullsslide_0

Em troca envolvendo três equipes, Bulls manda Kirk Hinrich para o Atlanta Hawks.

Mais uma vez a diretoria fez o que dela se espera e frustou a torcida dos Bulls. Pressionados por resultados e há dois anos sem fazer uma troca (recorde da NBA), Gar Forman e John Paxson se aproveitaram da troca entre Jazz e Hawks (que resultou na ida de Shelvin Mack para Utah), e mandaram Kirk Hinrich (foto) para Atlanta em troca da escolha de segunda rodada que a equipe recebeu do Jazz e também o armador Justin Holiday (terceiro armador usado apenas no garbage time).

A ideia da dupla Gar/Pax era a mesma: não ultrapassar o teto salarial da liga. E com a ida de Hinrich à Geórgia, Chicago economiza U$$ 3 milhões da sua folha e fica U$$ 2 milhões abaixo do teto (lembrando que os Bulls tem apenas 20 milhões para gastar nessa FA após essa troca). “Eu estou chocado. Mas estou ansioso para me juntar ao Atlanta”, confirmou o armador que defendeu o time entre 2010 e 2012.

“É lógico que estamos desapontados com o que aconteceu hoje. Todos somos responsáveis. Mas certamente não estamos em pânico”, afirmou Forman em entrevista após a troca confirmada. A petição na internet pedindo sua demissão continua a crescer.

Kirk, em sua segunda passagem pelo Bulls, voltou para suprir a ausência de Derrick Rose, que ficou de fora da temporada 2012-13 por conta do rompinmento dos ligamentos do joelho. Em três anos e meio, Hinrich acumulou médias de 6.5 pontos, 2.1 rebotes, 3.2 assistências e 0.8 roubos de bola.

Ele deixa Chicago como o terceiro jogador em jogos, assistências e roubos de bola da história dos Bulls (atrás apenas de Jordan e Pippen), quarto em minutos jogados (atrás da dupla e de Jerry Sloan) e o líder em cestas de três convertidas.

Que aniversário de 50 anos, Bulls….

6 Respostas para “Thank You, Captain!

  1. Vergonhoso como sempre, a franquia não tem um pingo de respeito por seus jogadores clássicos, a declaração do Wade em 2010 era a pura verdade, sorte dele que não foi para essa franquia com managers mediocres e ficou em um lugar onde querem vencer e não se importam em gastar para atingir objetivos.

    Petição para demitir o Forman? A torcida deve estar delirando, né? O culpado se chama John Paxson. Antes ele era o GM e devido a grande pressão de só fazer besteira colocaram o Forman de fachada, mas quem manda e desmanda é o Paxson, tanto que ele não foi demitido, apenas trocaram a função para poupá-lo já que ele é praticamente a segunda esposa do Reinsdorf.

    Inclusive não dá para culpar apenas o Paxson, o owner do Bulls infelizmente não gosta de basquete e usa a franquia apenas para lucrar pois ainda vivemos na sombra do maior de todos os tempos, mas investir que é bom…

  2. Basquete é um negócio muito rentável. Os Bulls são pelo menos umas das 3 marcas mais fortes, conhecidas e importantes do mundo do Basquete. A torcida lota o United todo jogo. Somos campeões de bilheteria há 5 (cinco) anos. E o que nossa diretoria faz?

    Nada. Oferece um time fraco, com um treinador fraco. A torcida do Bulls deveria ser igual a do Corinthians e começar a dar uma pressão maior. rssrsrsrs

  3. Sou fã do Chicago Bulls…podem me xingar, mas hoje BULLS vive do passado de Michael Jordan. A verdade é q se Jordan não jogasse em Chicago, essa franquia não teria tanto nome igual tem ate hoje… Mas é só isso e pronto, parou no tempo… tem quase 20 anos que Jordan saiu da equipe e nunca mais investiram pesado, acho q ideia deles é vira um Boston Celtics da vida e fica anos sem ganhar nada.

  4. A solução mais prática para o reerguimento do Bulls seria a venda da franquia para algum milionário que realmente goste e entenda de basketball. Enquanto Rein$dorf for o dono, esqueçam um futuro promissor.

  5. Então, é nessas horas que a gente percebe que enquanto o Reinsdorf for dono do time, só se vier um Jordan 2 de graça via draft que o Bulls vai ter condições de conseguir qualquer coisa. E quanto mais eu confirmo essa posição, mais desânimo em tentar acompanhar os jogos me dá. Hoje em dia acompanho mais a liga pelo esporte em si do que pela questão de torcer pelo Bulls, porque nessa nova era em que você tem milionários excêntricos assumindo times, tanto em futebol quanto em basquete, o quesito econômico simplesmente pesa demais, não há muita coisa fora disso. Tô mais interessado essa temporada na aposentadoria do Kobe e acompanhar alguns dos ultimos jogos dele do que assistir os do Bulls, mesmo que o time tivesse inteiro a gente sabe que simplesmente não dá. No mínimo a franquia tem que estar em condições de bancar alguns projetos de título, não é nem que todos os times precisam ser controlados por milionários entediados hahaha. Só que a gente vive no pior dos mundos mesmo, porque o Reinsdorf tem grana demais, a franquia é uma das mais rentáveis mas ele só quer saber de continuar faturando mesmo. Enquanto a situação continuar assim, menos e menos vou passar a acompanhar o time

  6. Pingback: (30-26) Chicago Bulls @ Atlanta Hawks (31-27) | Chicago Bulls Brasil

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s