Entrevista de Derrick Rose Para a ESPN Americana

Chicago Bulls v Denver Nuggets

Armador fala sobre tudo: os anos que esteve parado, o antigo e o novo técnico, seus companheiros de time e seu futuro.

Saiu, agora há pouco, uma entrevista exclusiva de Derrick Rose a Nick Friedell, jornalista da ESPN Chicago. O MVP de 2011 falou sobre tudo o que envolve sua carreira e o Chicago Bulls e confirmou que não quer deixar o Chicago Bulls.

Confira a matéria completa:

Friedell: Depois de tudo o que aconteceu nos últimos anos, como você se sente agora?

Rose: Eu me sinto bem, mas ainda vai levar tempo. Eu sei que isso é um processo e tudo o que tenho que fazer é dar o meu máximo a cada dia e continuar a tentar ser o melhor atleta que posso ser.

Friedell: Eu sei que já se passou poucos meses da temporada, mas o que você gosta mais do Fred Hoiberg?

Rose: A pessoa que ele é. Acho que as coisas boas vêm para as pessoas boas e há uma razão dele estar aqui. Há uma razão pela qual ele tem a este grupo. E eu penso que nós podemos realmente ganhar (o campeonato) com ele sendo o nosso treinador. Ele não tem nada, mas tem o meu respeito, toda a minha atenção e eu estou tentando dar a ele tudo de mim enquanto estou em quadra, jogando por ele.

updated-rose-thibs-gold-medal-copyFriedell: O que você sente mais falta no Tom Thibodeau (técnico dos Bulls entre 2010 e 2015)?

Rose: Pra te dizer a verdade, eu não penso sobre isso desde o ano passado. Ele é um grande treinador e tive uma boa relação com ele, mas eu não posso ficar pensando sobre os treinadores. Eu apenas estou pensando no Fred e no time.

 

Freidell: Então você não falou tudo com ele?

Rose: Eu não falei, vi, ou pensei sobre ele. Eu apenas estou focado, para te dizer a verdade, nessa temporada.

Freidell: O que você acha que mudou, nesses últimos quatro anos como pessoa e como jogador?

Rose: Como pessoa, eu diria que eu sou mais paciente, muito mais paciente do que eu era quando eu entrei [para a liga], antes das lesões. Mas eu acho que passando por tudo isso, você amadurece um pouco mais. Vai ficando mais velho, e você começa a ver o que é bom, cara. Eu vivo uma grande vida. Eu não posso reclamar. Nós estamos ganhando jogos. Eu estou saudável, minha família é boa e não há nada que eu possa realmente reclamar.

dm_150325_nba_derrick_rose_sound1357Friedell: E como jogador?

Rose: Eu acho que o meu QI (de basquete) cresceu como jogador. Eu acho que eu executo o jogo um pouco melhor. Eu estou esperando para o jogo vir para mim, e estou pegando e escolhendo meus pontos em vez de apenas ir lá e apenas fazer o que quer. Porque eu precisaria fazer isso com esta equipe?

Freidell: O que você acha que é o ponto chave para sua evolução como jogador avançar?

Rose: Quem sabe? Isso é um mistério. Eu só posso ir lá e executar. Tudo o que posso fazer é só ir lá e jogar o meu jogo, apertar os meus punhos. Apenas todas as pequenas coisas básicas que você nem sequer pensa, as partes fundamentais do jogo. Porque eu sinto que tenho todo o resto, tanto quanto ser criativo e atlético – que você não pode ensinar isso. Mas são as pequenas coisas que vai me levar, como manipulação de bola, passe, me livrar de um screen (Parede). Pequenas coisas como essa que você iria esquecer que pode me fazer um jogador completo.

Fridell: Desde a primeira vez que conversamos, você sempre falou sobre o quanto você amava Chicago e como você queria ser o jogador para trazer um título de volta para a cidade. O seu amor pela cidade e querer ser aquele cara mudou ao longo de todo esse tempo?

Rose: Nunca mudou. Eu não posso ficar bravo com as opiniões das pessoas, eu sempre digo isso. Essa é a sua opinião. Eles têm todo o direito de dizer ou pensar o que eles querem. E tudo o que eles dizem e pensam não afetam minha vida. Eu não vivo nesse mundo onde eu estou em mídias sociais, eu não uso os meios de comunicação social. Ou eu estou lendo artigos [sobre] o meu jogo, então escuto falarem palavras da boca de alguém e dias depois nunca chega até mim. Então eu não posso ficar bravo com o que dizem.

635606351302459623-USATSI-8373082Friedell: Você me disse há muito tempo que você nunca quis jogar em qualquer outro lugar. Isso ainda é verdade?

Rose: Ainda é verdade. Bastou ter o meu filho [P.J.], e estou fazendo tudo isso por causa dele, entende? Basta querer estar com ele todos os dias, trazê-lo até aqui, arremessar comigo ou vê-lo arremessando para ver se ele é capaz de se tornar um jogador. Pequenas coisas que eu penso a longo prazo. Apenas tentando prepará-lo, se acostumar a estar no ambiente.

Friedell: Você quer se aposentar aqui ainda.

Rose: É claro.

Friedell: Você ri, algumas vezes, sobre tudo o que é dito lá fora?

Rose: Essa é a única coisa que posso fazer, porque eles estão me julgando por uma coisa: lesões. E outras coisas que eles não sabem sobre mim. Eu sei quem eu sou como pessoa. Como qualquer pessoa que já tenha convivido comigo ou amigos que você poderia falar para isso sobre mim e eu nunca desrespeitei ninguém. Ou fazer algo que possa ferir alguém, para eles para dizer as coisas que estão dizendo ou fazer o que eles estão fazendo ou quem está dizendo o que quer, eu realmente não posso entrar nisso. Tudo o que posso fazer é deixar Deus lidar com isso.

Friedell: O que você acha que é o maior equívoco sobre você agora?

Rose: Eu realmente não sei agora. Toda semana ele muda. Estou falando sério. Eu não sei – é provavelmente – no início do ano, e se eu quero ficar aqui e eu quero ganhar? Por toda a minha vida, quero dizer, desde o início, eu disse que queria ficar e jogar aqui e toda a minha vida fui um vencedor, de modo que isso não vai mudar.

Fridell: Você ainda ama o jogo tanto quanto pela primeira vez?

Rose: Sim. Eu sou um fã do jogo. Eu sou um estudante do jogo. Depois de tudo isso é “dito e feito”. Só quero ir para lá como um vencedor e que deu tudo o que tinha (em quadra).

bulls2Fridell: Tem havido muita conversa sobre o seu relacionamento com Jimmy. Você lhe deu conselhos sobre liderança?

Rose: Eu não diria que é sober ser líder. É sobre crescimento, entende? Ele é um cara jovem. Lembro-me de Jimmy jogado [college] com o meu assistente, meu melhor amigo [Randall Hampton], então me lembro quando ele estava vindo para a equipe e meu amigo estava me dizendo que ele estava chegando. Você sabe o que eu quero dizer? De lá para onde ele está agora – ele é um jogador que eu tenho procurado. Então eu sei que no calor da batalha ele vai estar lá, ele vai estar dando tudo de si, e isso é algo que eu estava querendo e por isso estou feliz de tê-lo.

Fridell: Fora todos os outros caras com quem você já jogou aqui, você acha que ele é o mais talentoso?

Rose: Sim, com certeza. E você ainda não sabe, ninguém ainda sabe o quão bom ele pode se tornar.

derrick-rose.vresize.1200.675.high.45

 

Fridell: Depois de todas as coisas que aconteceu, como você supera todos as lesões enquanto você está lá na quadra?

Rose: Basta ter fé. Essa é uma das razões pelas quais eu tirei minha máscara. Eu não deveria tirar. Eu queria tirar porque é como se eu estivesse me escondendo atrás de alguma coisa. E eu tirei e tem ido bem.

9310310224ac8bb4e6397d84147aae04Fridell: Você sempre foi confiante no seu jogo. Você sempre soube o quão bom você pode ser. Você acha que ainda pode elevar o seu jogo a partir de onde está agora a entrar nessa disputa de MVP novamente?

Rose: Esse é o objetivo. Eu não estou fazendo essa m… apenas para sobreviver ou fazer por fazer. Estou fazendo isso por causa do meu filho. Ele é tudo para mim. Ele é a razão pela qual eu me levanto, trabalho e treino. Ele mudou tudo sobre mim, então ele foi uma bênção.

Friedell: Você gostaria de tê-lo com você celebrando na Grant Park depois de um título, e estar com ele no desfile (em caso de título)?

Rose: Sim. Eu vou ir mais longe do que isso. Se eu quero que ele more aqui depois que chegar no fim da minha carreira? Se eu quero que ele viva em Chicago? Eu quero que ele tenha uma vida onde ele não precisa se preocupar com as crianças tratando-o de uma maneira diferente por causa de quem seu pai é. Se dependesse de mim, eu não gostaria que ele jogasse basquete, mas eu só quero que ele tenha uma vida normal, de modo que ele é capaz de andar por aí e ainda ser ele mesmo.

Chicago entra em quadra logo mais, a partir das 23:00, contra o Milwaukee Bucks, fora de casa.

Link da matéria original: http://espn.go.com/nba/story/_/id/14551041/chicago-bulls-derrick-rose-remains-confident-game

Anúncios

Um comentário em “Entrevista de Derrick Rose Para a ESPN Americana

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑