(18-13) Indiana Pacers 100 x 102 Chicago Bulls (18-12)

Placar (Pós-Jogo).jpg

The Pacer Killer? Jimmy Butler decide mais uma vez e Bulls vence o Indiana Pacers na prorrogação.

Boxscore

 

Resumo
Mais uma grande partida entre Bulls e Pacers. O começo foi marcado pela forte defesa de ambos os lados. Sem Rose e Miles, as equipes sofreram um pouco no ataque em infiltrações e bolas de três, respectivamente, e o primeiro quarto terminou empatado em 21. No segundo, os reservas entraram bem mais uma vez. Brooks perfeito na linha dos três e a dupla Portis-McDermott contribuindo no ataque, Chicago abriu vantagem antes do intervalo e terminou na frente, 50-40.

Indiana voltou mais ligado para o segundo tempo e cortou a vantagem dos Bulls ainda no terceiro quarto. Jimmy Butler, com Brooks e Portis, recolocaram os donos da casa na frente, 66-62, antes do quarto final. Nos doze minutos finais, os Pacers abriram sete pontos após cesta tripla de Paul George com pouco mais de 4 minutos para o final, aí surgiu JB. O camisa 21, na ausência de D-Rose, anotou 10 dos últimos 16 pontos do time, empatando o jogo em 91. Ellis teve a bola do jogo, mas errou, e o jogo foi para a prorrogação.

No overtime, Chicago fez 7-0 em pouco mais de 2 minutos, mas não demorou para Indiana responder e equilibrar novamente a partida. Com o Bulls a frente, 100-97, Monta Ellis acertou seu chute de três faltando três segundos para o final, empatando novamente a partida. Na jogada seguinte, com pouco tempo, Gasol arma ponte áerea para Butler, que com um tapinha, vence PG e coloca o Bulls a frente com 1.2 segundos para acabar a prorrogação. George tentou devolver na mesma moeda e, assim como foi no encontro anterior entre eles no United Center, JB rejeita a tentativa de Geroge e Chicago fecha 2015 com vitória sobre um de seus rivais históricos.

Destaques

Indiana Pacers

  • Geroge Hill: 20 pts, 7 reb, 4 stl;
  • Paul George: 19 pts, 5 reb, 4 ast, 4 stl;
  • Monta Ellis: 13 pts (4-19 fg), 5 ast, 2 stl;
  • Rodney Stuckey: 13 pts;
  • Lavoy Allen: 10 pts, 12 reb.

Chicago Bulls

  • Aaron Brooks: 29 pts, 5 ast, 6 to;
  • Jimmy Butler: 28 pts, 4 reb, 4 ast, 2 stl;
  • Bobby Portis: 16 pts, 7 reb;
  • Pau Gasol: 13 pts (4-14 fg), 11 reb, 3 blk.

Próximo Jogo: vs. Knicks – 1/1, às 23:00 (ESPN).

Em nome de toda a equipe do Bulls Brasil, desejamos a todos vocês um feliz 2016. Boas festas a todos e que, em junho, possamos soltar de campeão que está intalado desde 1998. Abraços a todos.

Anúncios

32 comentários em “(18-13) Indiana Pacers 100 x 102 Chicago Bulls (18-12)

Adicione o seu

  1. O Portis é muito bom… não se percebe como teve tanto tempo mofando no banco! devia se ter ter logo apostado nele fez um excelente summer league e sempre que foi chamado mostrou serviço… penso que até podia lutar pelo rokie do ano se jogasse mais

  2. E pensar que 2 temporadas atrás a gente tava descendo o pau no Butler, que não conseguia pontuar. Como evoluiu o garoto.

    Com uma eventual adição do Cousins, esse time seria pra brigar seriamente pelo título de conferência.

    1. pois é. ele dava mto motivo para ficarmos putos com ele né…. só amassava aro… E o jogo dele evoluiu mtoo depois disso. AS jogadas decisivas dele ontem mostram a versatilidade do jogo dele. Mto bom. Presente e futuro do franquia.

  3. Pelo menos fechou o ano com a vitória, contudo estou preocupado com a defesa e o garrafão do Chicago, pois sem o Noah parece uma avenida. Bem verdade que o Noah é uma negação no ataque, contudo o time não tem um raçudo no banco que faz tremer os jogadores quando o bicho pega ou a panela ferve.
    Mais uma vitória suada em casa, ponto positivo para o Butler que tá o fino da bola, mesmo com suas neuroses no LockRoom, é um que veio ajudar o Rose na reconstrução do Chicago.
    O que falta ao Rose é a pegada ou sangue nos olhos do Butler, espero que ele, Rose, esteja se poupando para os play offs e ser uma bela surpresa junto com Butler. Como disse Air Jordan, nos play offs são separados os homens dos meninos, então que o Rose mostre a sua habilidade que lhe é peculiar como grande armador e PG.
    Espero que 2016 a defesa, o garrafão e o sistema rotativo do Bulls se desenvolvam a ponto de ter uma defesa agressiva e deixar de ser uma avenida ou peneira para os alas e armadores dos times adversários, pois se for assim, mesmo na final da Conferência perde de novo para o Leblon, ops pro Cavaliers.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑