2015 NBA Playoffs

2015 NBA Playoffs Bracket

Fase eliminatória da NBA começa nesse fim de semana. Confira aqui uma prévia dos confrontos da primeira rodada.

Como diria Michael Jordan: é a hora de separar os homens dos meninos. De 30 times, ficaram 16 na luta pelo troféu Larry O’Brien de campeão da temporada 2014-15 da NBA.

Entre as equipes eliminadas, destaques para o Miami Heat que chegou nas últimas quatro decisões (venceu duas) mas igualou o feito dos Lakers de 2005 (chegar na final e sequer se classificar para o mata-mata do ano seguinte) e vai assistir os playoffs pela televisão e o Oklahoma City Thunder, que mesmo com o Westbrook jogando horrores, não conseguiu ficar com a vaga.

Confira os confrontos da primeira rodada de ambas as conferências (clique aqui e confira, em detalhes, o duelo entre #3 Chicago Bulls e #6 Milwaukee Bucks).

Conferência Oeste

(1) Golden State Warriors x (8) New Orleans Pelicans
O melhor time da liga (campanha e fator casa) e com um poderoso ataque. Esse é o Golden State Warriors, que vai em busca do campeonato que não vence desde 1975. Stephen Curry, Klay Thompson e o técnico novato Steve Kerr tem grandes chances de quebrar esse jejum. Para isso, precisa passar pelos Pelicans, do pivô Anthony Davis, que leva Nova Orleans a pós-temporada pela primeira vez desde 2011, quando CP3 jogava por lá. O time pode não chamar a atenção nos números, mas eles se superam as dificuldades (partidas contra Thunder e essa última contra San Antonio são prova disso) e podem, porque não, superar mais essa barreira.
Palpite: Warriors em cinco jogos.

(2) Houston Rockets x (7) Dallas Mavericks
Clássico texano na primeira rodada entre Houston e Dallas. James Harden tem mais uma chance de provar que pode fazer bonito não só na temporada regular, mas também nos playoffs. Patrick Beverley, armador titular, só volta no próximo campeonato e é o principal desfalque dos Rockets, que conta com um garrafão forte com Dwight Howard, Terrence Jones e Josh Smith. Dallas, mais uma vez, começa sua jornada contra um texano. Ano passado, foram eliminados pelo Spurs (4-3) e Mark Cuban fez suas mexidas: repatriou Tyson Chandler, trouxe Rajon Rondo (por troca) e contratou Amar’e Stoudemire (que havia sido dispensado pelos Knicks), mas em quadra, a equipe não deu a liga que se esperava. Contra um rival local, os Mavs podem dar fim a desconfiança e mostrar a que veio. Time que tem Dirk Nowitzki, não pode ser desprezado.
Palpite: Mavericks em sete jogos.

(3) Los Angeles Clippers x (6) San Antonio Spurs
Duelo envolvendo duas equipes em ascendência. Os Clippers, após o episódio envolvendo racismo nos playoffs do ano passado, veio para essa temporada de dono novo (Steve Ballmer) que tem como principal característica, a motivação. O time californiano tem um belo conjunto: DeAndre Jordan consistente no garrafão (ataque e defesa), Blake Griffin aprimorando seu repertório com mid-ranges (mas não esqueceu das enterradas), Chris Paul fazendo o que se espera de um armador de elite, sem contar J.J. Redick, Matt Barnes, Jamal Crawford… Todos comandados por Doc Rivers. A missão, é fazer frente contra o San Antonio Spurs. O atual campeão começou cambaleante, devido as lesões no início da temporada, mas após o All-Star Game, o time reencontrou seu basquete coletivo, mas mãos de Gregg Poppovich e de seus comandados, que mostram grande sintonia quando estão em quadra. Uma das séries mais imprevisíveis dessa primeira rodada.
Palpite: Spurs em seis jogos.

(4) Portland Trail Blazers** x (5) Memphis Grizzlies
Um confronto parelho entre Blazers e Grizzlies. Portland volta a pós-temporada como campeão de sua divisão com a mesma base do time do ano passado. Wesley Mattews (tendão de Áquiles) só volta no próximo campeonato e para suprir a ausência do ótimo ala-armador, o time do Oregon trouxe Arron Afflalo (desejado pelos Bulls no fim da janela de trocas) e manteve a equipe nos trilhos. Seu adversário esteve quase todo a temporada entre a liderança e a vice-liderança. O conjunto do Tenneesee (Mike Conley, Tony Allen, Courtney Lee, Zach Randolph e Marc Gasol), mais a troca que trouxe o ala Jeff Green, que estava em Boston, fez com que o time voltasse a ter um ala que atacasse a cesta, lembrando Rudy Gay, desafogando o ataque e não deixando previsível. A defesa de Memphis pode ser um diferencial nessa série.
Palpite: Memphis em seis jogos.

**Pelo regulamento, Portland fica com o quarto lugar por ser campeão de divisão, mas pela campanha, Memphis tem o mando de quadra nessa série.

Conferência Leste

(1) Atlanta Hawks x (8) Brooklyn Nets
Surpreendente, Atlanta desbancou os favoritos Cleveland e Chicago e terminou na liderança do leste. O time comandado por Mike Budenholzer quebrou o recorde vitórias da franquia e, como díscipulo de Poppovich, aposta no jogo coletivo, onde arremessa que está melhor colocado. A base também é a mesma e a contratação da equipe, Thabo Sefolosha, quebrou a perna e não jogará mais nessa temporada. Seu adversário cresceu em março e garantiu sua classificação no confronto direto contra os Pacers. O time nova-iorquino não deposita confiança, principalmente após as declarações de Paul Pierce, quando defendeu Brooklyn em 2014. Deron Williams, Joe Johnson e Brook Lopez tem que dar retorno ao investimento que foi feito em 2013 e acabar com as dúvidas em torno do time, sabendo que sua tarefa é das mais indigestas.
Palpite: varrida dos Hawks.

(2) Cleveland Cavaliers x (7) Boston Celtics
Quem esperaria ver os Celtics nos playoffs? Talvez nem o torcedor mais otimista de Boston esperava por isso. Após as trocas de Rajon Rondo e Jeff Green durante a temporada, davam como certo o tank na equipe Celta, mas o plano deu “errado”. Com um jogo coletivo, liderado por Evan Turner e Isiah Thomas, o time cresceu na segunda metade do torneio e garantiu sua vaga aos playoffs (mesmo com campanha negativa), já que ficou de fora no ano passado por conta do rebulding já esperado. Agora, a missão é fazer páreo duro contra os Cavaliers de LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Love, que começaram mal, mas com trocas-chave se encaixou e subiu até ficar com o segundo lugar e vencer a divisão central. Cleveland é o favorito para se classificar, mas contra um franco atirador e uma camisa com tradição em pós-temporada, eles não devem ter vida fácil.
Palpite: Cleveland em seis jogos.

(4) Toronto Raptors x (5) Washington Wizards
O duelo mais equilibrado do lado leste da NBA. Toronto e Washigton tiveram inícios semelhantes na temporada, mas decaíram, em especial na segunda metade do torneio. Os canadenses tem a vantagem de não terem perdido para o time da capital americana (3-0), mas não vencem uma série de pós-temporada desde 2001 (1-6 em séries na história do time). Os Wizards tem um time mais rodado em playoffs e um jogador que gosta deste tipo de jogo: Paul Pierce. No ano passado, pelos Nets, o time estava na mesma situação de Washington, mas se superaram e eliminaram o rival no jogo 7, no Canadá, mas como visitantes, os Wizards não vão muito bem.
Palpite: Toronto em seis jogos.

E você, torcedor. Arrisca um palpite?

Os playoffs começam no sábado.

Anúncios

6 comentários em “2015 NBA Playoffs

Adicione o seu

  1. Acho que teremos 3 varridas no Leste: Chicago (mais torcida que ciência! rs), Cavaliers e Hawks…
    E também acredito que o Mavs não aguenta o barba jogando do jeito que tá não… No resto concordo plenamente.

  2. Queria prestar minha homenagem e solidariedade ao Thibs.. apesar de suas teimosias e erros, o cara sem sua maior estrela em 3 de 4 temporadas conseguiu levar Chicago aos offs em todas as temporadas, sem ter um elenco estupendo. Miami sem Bosh, ou Thunder sem Durant, e vimos o que acontece. O cara consegue imprimir um mesmo ritmo, ruim ou não, com caras como Narz ou Moore em quadra… resgatar caras como Nate, Augustin,Belinelli ou Brooks…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑