2015 NBA Playoffs

2015 NBA Playoffs Bracket

Fase eliminatória da NBA começa nesse fim de semana. Confira aqui uma prévia dos confrontos da primeira rodada.

Como diria Michael Jordan: é a hora de separar os homens dos meninos. De 30 times, ficaram 16 na luta pelo troféu Larry O’Brien de campeão da temporada 2014-15 da NBA.

Entre as equipes eliminadas, destaques para o Miami Heat que chegou nas últimas quatro decisões (venceu duas) mas igualou o feito dos Lakers de 2005 (chegar na final e sequer se classificar para o mata-mata do ano seguinte) e vai assistir os playoffs pela televisão e o Oklahoma City Thunder, que mesmo com o Westbrook jogando horrores, não conseguiu ficar com a vaga.

Confira os confrontos da primeira rodada de ambas as conferências (clique aqui e confira, em detalhes, o duelo entre #3 Chicago Bulls e #6 Milwaukee Bucks).

Conferência Oeste

(1) Golden State Warriors x (8) New Orleans Pelicans
O melhor time da liga (campanha e fator casa) e com um poderoso ataque. Esse é o Golden State Warriors, que vai em busca do campeonato que não vence desde 1975. Stephen Curry, Klay Thompson e o técnico novato Steve Kerr tem grandes chances de quebrar esse jejum. Para isso, precisa passar pelos Pelicans, do pivô Anthony Davis, que leva Nova Orleans a pós-temporada pela primeira vez desde 2011, quando CP3 jogava por lá. O time pode não chamar a atenção nos números, mas eles se superam as dificuldades (partidas contra Thunder e essa última contra San Antonio são prova disso) e podem, porque não, superar mais essa barreira.
Palpite: Warriors em cinco jogos.

(2) Houston Rockets x (7) Dallas Mavericks
Clássico texano na primeira rodada entre Houston e Dallas. James Harden tem mais uma chance de provar que pode fazer bonito não só na temporada regular, mas também nos playoffs. Patrick Beverley, armador titular, só volta no próximo campeonato e é o principal desfalque dos Rockets, que conta com um garrafão forte com Dwight Howard, Terrence Jones e Josh Smith. Dallas, mais uma vez, começa sua jornada contra um texano. Ano passado, foram eliminados pelo Spurs (4-3) e Mark Cuban fez suas mexidas: repatriou Tyson Chandler, trouxe Rajon Rondo (por troca) e contratou Amar’e Stoudemire (que havia sido dispensado pelos Knicks), mas em quadra, a equipe não deu a liga que se esperava. Contra um rival local, os Mavs podem dar fim a desconfiança e mostrar a que veio. Time que tem Dirk Nowitzki, não pode ser desprezado.
Palpite: Mavericks em sete jogos.

(3) Los Angeles Clippers x (6) San Antonio Spurs
Duelo envolvendo duas equipes em ascendência. Os Clippers, após o episódio envolvendo racismo nos playoffs do ano passado, veio para essa temporada de dono novo (Steve Ballmer) que tem como principal característica, a motivação. O time californiano tem um belo conjunto: DeAndre Jordan consistente no garrafão (ataque e defesa), Blake Griffin aprimorando seu repertório com mid-ranges (mas não esqueceu das enterradas), Chris Paul fazendo o que se espera de um armador de elite, sem contar J.J. Redick, Matt Barnes, Jamal Crawford… Todos comandados por Doc Rivers. A missão, é fazer frente contra o San Antonio Spurs. O atual campeão começou cambaleante, devido as lesões no início da temporada, mas após o All-Star Game, o time reencontrou seu basquete coletivo, mas mãos de Gregg Poppovich e de seus comandados, que mostram grande sintonia quando estão em quadra. Uma das séries mais imprevisíveis dessa primeira rodada.
Palpite: Spurs em seis jogos.

(4) Portland Trail Blazers** x (5) Memphis Grizzlies
Um confronto parelho entre Blazers e Grizzlies. Portland volta a pós-temporada como campeão de sua divisão com a mesma base do time do ano passado. Wesley Mattews (tendão de Áquiles) só volta no próximo campeonato e para suprir a ausência do ótimo ala-armador, o time do Oregon trouxe Arron Afflalo (desejado pelos Bulls no fim da janela de trocas) e manteve a equipe nos trilhos. Seu adversário esteve quase todo a temporada entre a liderança e a vice-liderança. O conjunto do Tenneesee (Mike Conley, Tony Allen, Courtney Lee, Zach Randolph e Marc Gasol), mais a troca que trouxe o ala Jeff Green, que estava em Boston, fez com que o time voltasse a ter um ala que atacasse a cesta, lembrando Rudy Gay, desafogando o ataque e não deixando previsível. A defesa de Memphis pode ser um diferencial nessa série.
Palpite: Memphis em seis jogos.

**Pelo regulamento, Portland fica com o quarto lugar por ser campeão de divisão, mas pela campanha, Memphis tem o mando de quadra nessa série.

Conferência Leste

(1) Atlanta Hawks x (8) Brooklyn Nets
Surpreendente, Atlanta desbancou os favoritos Cleveland e Chicago e terminou na liderança do leste. O time comandado por Mike Budenholzer quebrou o recorde vitórias da franquia e, como díscipulo de Poppovich, aposta no jogo coletivo, onde arremessa que está melhor colocado. A base também é a mesma e a contratação da equipe, Thabo Sefolosha, quebrou a perna e não jogará mais nessa temporada. Seu adversário cresceu em março e garantiu sua classificação no confronto direto contra os Pacers. O time nova-iorquino não deposita confiança, principalmente após as declarações de Paul Pierce, quando defendeu Brooklyn em 2014. Deron Williams, Joe Johnson e Brook Lopez tem que dar retorno ao investimento que foi feito em 2013 e acabar com as dúvidas em torno do time, sabendo que sua tarefa é das mais indigestas.
Palpite: varrida dos Hawks.

(2) Cleveland Cavaliers x (7) Boston Celtics
Quem esperaria ver os Celtics nos playoffs? Talvez nem o torcedor mais otimista de Boston esperava por isso. Após as trocas de Rajon Rondo e Jeff Green durante a temporada, davam como certo o tank na equipe Celta, mas o plano deu “errado”. Com um jogo coletivo, liderado por Evan Turner e Isiah Thomas, o time cresceu na segunda metade do torneio e garantiu sua vaga aos playoffs (mesmo com campanha negativa), já que ficou de fora no ano passado por conta do rebulding já esperado. Agora, a missão é fazer páreo duro contra os Cavaliers de LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Love, que começaram mal, mas com trocas-chave se encaixou e subiu até ficar com o segundo lugar e vencer a divisão central. Cleveland é o favorito para se classificar, mas contra um franco atirador e uma camisa com tradição em pós-temporada, eles não devem ter vida fácil.
Palpite: Cleveland em seis jogos.

(4) Toronto Raptors x (5) Washington Wizards
O duelo mais equilibrado do lado leste da NBA. Toronto e Washigton tiveram inícios semelhantes na temporada, mas decaíram, em especial na segunda metade do torneio. Os canadenses tem a vantagem de não terem perdido para o time da capital americana (3-0), mas não vencem uma série de pós-temporada desde 2001 (1-6 em séries na história do time). Os Wizards tem um time mais rodado em playoffs e um jogador que gosta deste tipo de jogo: Paul Pierce. No ano passado, pelos Nets, o time estava na mesma situação de Washington, mas se superaram e eliminaram o rival no jogo 7, no Canadá, mas como visitantes, os Wizards não vão muito bem.
Palpite: Toronto em seis jogos.

E você, torcedor. Arrisca um palpite?

Os playoffs começam no sábado.

Anúncios

6 Respostas para “2015 NBA Playoffs

  1. Acho que teremos 3 varridas no Leste: Chicago (mais torcida que ciência! rs), Cavaliers e Hawks…
    E também acredito que o Mavs não aguenta o barba jogando do jeito que tá não… No resto concordo plenamente.

  2. Queria prestar minha homenagem e solidariedade ao Thibs.. apesar de suas teimosias e erros, o cara sem sua maior estrela em 3 de 4 temporadas conseguiu levar Chicago aos offs em todas as temporadas, sem ter um elenco estupendo. Miami sem Bosh, ou Thunder sem Durant, e vimos o que acontece. O cara consegue imprimir um mesmo ritmo, ruim ou não, com caras como Narz ou Moore em quadra… resgatar caras como Nate, Augustin,Belinelli ou Brooks…

  3. Não encontrei em nenhum canal a transmissão dos jogos do Bulls. Alguém sabe algo a respeito?

  4. Conf. Leste Conf. Oeste
    Hawks 4×2 GSW 4×3
    Cavs 4×2 Mavs 4×3
    Bulls 4×2 Spurs 4×2
    Raptor 4×3. Memphis 4×2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s