(46-32) Chicago Bulls 103 x 105 Orlando Magic (25-53)

placar com números - pós jogo

Bulls deixa escapar mais uma vitória, agora contra o Magic. Sinal de alerta para a equipe, que está com o mando de quadra ameaçado.

Boxscore

Resumo
O jogo era para celebrar a volta de Derrick Rose as quadras depois de 20 partidas contra o já eliminado Orlando Magic. O começo parecia tranquilo para o time de Illinois, chegando a colocar quinze pontos de frente, mas aos poucos o Magic foi encostando no placar a partir da segunda metade do segundo quarto. Nos 24 minutos seguintes, Orlando voltou melhor e Chicago evitava o time da Florida ficar a frente no marcador por muito tempo. No final o jogo ficou indefinido, mas o Magic foi feliz nos arremessos, enquanto os Bulls faziam as cestas por intermédio das faltas. Com o jogo empatado em 103, a 5 segundos do fim, Oladipo infiltrou no garrafão dos Bulls e, marcado por Butler e Noah, fez a bandeja com um 1.5 segundos para o fim. Na saída do lateral, após o pedido de tempo, a jogada ensaiada foi para Gasol fazer a cesta próximo a ela no tapinha, mas o passe saiu forte e desviado por Oladipo, atrapalhando qualquer chance do espanhol fazer os pontos. Derrota doída para os Bulls, que agora sai para enfrentar Miami, que luta desesperadamente por uma vaga na pós-temporada.

Rose: o camisa 1 atuou por 19 minutos e foi mais do mesmo: muitos chutes de três (1-6 3pt – 9 pts) que não é o seu jogo, poucas infiltações e 4 erros. O jogador teve minutos limitados para poder jogar contra o Heat, amanhã.

Mando de quadra: a derrota colocou os Bulls em estado de alerta. Combinado com as vitórias de Raptors e Wizards, Chicago cai para o 4º lugar no leste e está só um jogo a frente de Washington.

Foi-se um tabu: pela primeira vez, nas últimas oito oportunidades, Bulls perdem em Orlando.

Divsão: as chances eram remotas de vencer a divisão, e com a derrota, os Cavaliers garantiram a divisão e o segundo lugar no leste.

Destaques

Chicago Bulls

  • Jimmy Butler: 19 pts, 5 reb, 6 ast, 2 stl;
  • Taj Gibson: 15 pts, 7 reb, 1 ast, 1 blk;
  • Pau Gasol: 15 pts, 9 reb, 3 ast, 1 stl, 3 blk;
  • Nikola Mirotic: 15 pts (3-11 fg), 2 reb, 2 ast, 1 stl.

Orlando Magic

  • Victor Oladipo: 23 pts, 5 reb, 5 ast, 3 stl;
  • Nikola Vucevic: 22 pts, 7 reb, 3 ast, 1 stl;
  • Elfrid Payton: 17 pts, 9 reb, 9 ast, 2 stl.

Próximo jogo: @ Heat – 09/04, às 21:00.

Anúncios

52 comentários em “(46-32) Chicago Bulls 103 x 105 Orlando Magic (25-53)

Adicione o seu

  1. Mais um recomeço para o Rose e os torcedores do Bulls. É uma pena que o cara tenha se machucado novamente, ele já estava pegando ritmo, a explosão continuava sensacional, e o poder de decisão nos deu algumas vitórias apertadas.. com certeza estava no caminho certo, apesar de ainda estar longe do ideal. Agora começamos tudo de novo, teremos de aguentar um Rose perdido em quadra tentando recuperar um pouco do que já foi aquele Rose MVP, mas com o agravante de que agora estamos as portas dos playoffs e o tempo está escasso.

    De qualquer forma o cara tem que jogar. Só espero que ele não “atrapalhe” muito, e se esforce um pouco mais na defesa pois antes de se machucar ele estava MUITO relaxado defendendo, e ele é bom defensor quando se esforça.

  2. Com ctz a expectativa é muito grande nesse jogo pela volta do Rose e precisamos vencer! Espero que ele jogue bem e volte a ajudar o time nos próximos confrontos..temos que cravar essa terceira colocação logo.

  3. É melhor um Rose 60% do que ele pode render, do que Rose nenhum sem falar que ele jogando isso já é top 10 PG na NBA, sem falar tmb que ganhamos um sixth man em Aaron Brooks, que virou titular com a lesão dele mas na verdade ele é uma grande arma pra vir do banco.

  4. A galera fala que seria bom o Bulls contratar um pivô pontuador, mas não sei se seria a melhor coisa a fazer, não sei se combinaria muito tanto com Gasol quanto com o estilo de jogo do time, com Gibson e Mirotic vindo do banco ja temos essa imposição na pontuação, e se formos parar pra pensar, os ultimos times campeões tinham a mesma estrutura do Bulls no garrafão, um PF scorer e um C defensor que tem algumas virtudes no ataque.

    Spurs – Duncam e Splitter
    Miami – Bosh e cone(Andersen, Haslem)
    Dallas- Dirk e Chandler
    Pistons de 2004- Rasheed e Ben Wallace(e olha que o Rasheed nem pontuava tanto assim).

  5. Será que fazer essa jogada pro Gasol era mais fácil que tentar armar uma jogada pra arremessar equilibrado pra 3? Poxa..Dunleavy, Brooks, Niko, e Butler poderiam ter tido essa chance. Jogada Horrível.

  6. EU li um comentario muito interessante de um torcedor do Bulls nos EUA, dizendo que a volta do Rose nesta temporada seria o “beijo da morte”. É o que eu acho também, um cara sem confiança, com 3 contusões graves nos joelhos, se enquadrar em um time em ritmo de playoffs é muito difícil…. infelizmente seu alto salário o colocará para jogar, e assim detonar o pouco que resta do Bulls. É uma pena uma geração inteira ter se perdido por conta de uma grave contusão, mas é o que está ocorrendo, e acho que devemos pensar em um futuro em torno de Butler, Snell e Mirotic…

    1. Esse jogo só mostra o que tem sido essa temporada, perdendo jogos contra times com campanhas horríveis. Acho inaceitável perder jogo pra um time que tem 53 derrotas na temporada e que já está de férias faz tempo.

      1. O problema é que não ganhou contra Cavs também, Bulls controlou a partida, mas nos minutos finais parou de trabalhar a posse e começou a chutar bolas sem necessidade, é nesses momentos que falta uma figura que comande a equipe, de tranquilidade e seja um desafogo em momentos decisivos (aquilo que Rose já foi).

  7. Amanhã é vitória, é a cara desse Bulls vencer jogos em que se espera a derrota, não vi esse jogo, acompanhei pelo NBA Game Time os últimos momentos e sabia que ia perder quando estava 96×92 e o time não abria mais. Enfim, falta um algo mais a esse time e acho que fica na primeira ou segunda rodada do PO, uma pena, achei que esse ano buscariamos o titulo.

  8. Se o Bulls não tivesse vacilado tanto contra equipes de campanha negativa, hoje estariamos pau a pau com o Hawks pela disputa da primeira colocação. É muita derrota besta e sem sentido, nós conseguimos perder para equipes extremamente desorganizadas. E se continuar jogando de forma tão displicente, que é um problema que não dá para consertar em pouco tempo, não importa se for Wizards ou Bucks, vai apanhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑