Butler Fora de Combate

1384973830000-USATSI-7537395

Jimmy Butler lesiona o cotovelo e desfalcará ainda mais a equipe pelas próximas semanas.

Depois de Derrick Rose ser anunciado na terça-feira que seria submetido a uma cirurgia no joelho direito por causa do menisco (previsão de retorno para o fim da temporada regular) e Taj Gibson sair machucado na partida contra os Wolves com uma torção no tornozelo (day-to-day), agora é a vez de Jimmy Butler (foto), um dos principais jogadores da equipe na temporada, entrar na lista do departamento médico de Chicago.

No jogo de ontem contra os Clippers, o ala se chocou com o pivô adversário, DeAndre Jordan, no início do segundo tempo, quando o jogo estava indefinido. JB sentiu o braço e foi para o banco e de lá, não voltou mais para o jogo e viu os Bulls perderem mais uma em casa.

Nessa tarde, o atleta fez uma ressonância magnética no local e foi constatada uma entorse no ligamento ulnar com o impacto no osso do cotovelo esquerdo. Com isso, nosso camisa 21 não passará por nenhuma cirurgia, porém ficará de três a seis semanas afastado da equipe, de acordo com os repórteres de Chicago Adrian Wojnarowski e K.C. Johnson.

Com as ausências no time, o técnico Tom Thibodeau deve passar Tony Snell para o quinteto titular e os calouros Doug McDermott e Nikola Mirotic, além do armador E’Twaun Moore, devem ganhar mais minutos de quadra, de acordo com David Aldridge, jornalista da emissora de tv americana TNT.

Chicago volta a quadra nessa terça, contra os Wizards, às 22:00.

Anúncios

9 Respostas para “Butler Fora de Combate

  1. E ainda tem mais: já estão dando como certa a saída de Tom Thibodeau após o término da temporada. As chances são de 90 a 95% disso acontecer, seja demitindo ou trocando o técnico.

  2. Chaveatle. Confesso que não acompanhei os Bulls nas temporadas passadas, passei por uma fase de esquecimento do Basquete pós era Jordan. Mas vendo a história, ele foi o melhor técnico do ano, e conseguiu montar uma defesa absurda, será que o que aconteceu esse ano é culpa só dele? Tudo bem, trouxeram o Gasol, o Brooks, o Mirotic, mas o time continuou dependendo do Rose sempre envolto em contusões, o Butler foi o desafogo do time muitas vezes, mas (ai entra a culpa do treinador) sempre cansado pelos exaustivos 40 min/noite. Com a entrada do Gasol o time ganhou em rebote, mas ficou mais lento atrás e na transição. Não sei o que rola em bastidores, mas acho prematuro trocar assim, a não ser que a franquia queira reconstruir o time, começando pelo técnico.

  3. Serei sincero, não gosto do jeito que o Thibs conduz as coisas na rotação, e fico puto com suas escolhas, mas poxa, o cara tem um aproveitamento sensacional na franquia, faz milagres sem o franchise player. Já disse um tempo atrás e repito, Bulls deveria fazer um contrato vitalício com o Thibs. Perder um cara desse nível é jogar anos de trabalho e entrosamento no lixo, é como recomeçar, e provavelmente teremos outro coach inexperiente, e as chances de vir um Vinny Del Negro da vida são imensas.

    Fica Thibs, fora Gar/Pax.

  4. Na minha opinião:

    Fica …, fora Gar/Pax/Thibs/Nazr

  5. Thibs teve muito mérito no comando da equipe, seus números realmente são muito bons.

    Mas acho que, as lesões que acometeram a equipe também estão diretamente ligadas ao excessivo numero de minutos em que deixa em quadra os principais jogadores.

    Houve várias ocasiões em que a vantagem no placar era tranquila e ele mantinha em quadra desnecessáriamente jogadores que poderiam descansar.

    Não me esqueço do 1º jogo com os Sixers nos playoffs, em que Rose sofreu a 1ª grave lesão, o jogo já estava praticamente definido e ele insistiu em deixar Rose jogando….

    Acho que ele ainda pensa que os jogadores são máquinas! Ou então é estúpido demais.

    Além da saída dele, trocaria toda a direção (Gar/Pax), DM e aproveitaria
    para mandar o Reinsdorf pra PQP.

  6. Sobre o Thibs, é inegavel que ele tem um otimo aproveitamento na franquia. Mas o trabalho dele vai caindo de qualidade a cada ano. Depois de um primeiro ano otimo, as coisas não melhoraram… pelo contrário. Por mais que as lesões prejudiquem, ele não é capaz de organizar uma rotação decente, com base no merecimento. Insiste em jogadores sem qualidade suficiente como Hinrich, como Rip Hamilton (que no fim de carreira era um peso morto) e não dá espaço pra quem merece como McDermott, Snell e o proprio fredette poderia ter jogado mais já que inclusive tá fazendo uma temporada bem decente em New Orleans. Alem de tudo isso, ele nunca fez o ataque funcionar era apenas um especialista em defesa e fez da nossa defesa uma das melhores por 3 anos… Mas ao que parece nem o que ele fazia tão bem está conseguindo mais e está sem clima nenhum na franquia. Por isso acho que talvez seja a hora de trocar o comando sim. Não só o treinador como o GM, e boa parte da preparação fisica e departamento médico. É hora de dar uma mudada geral, porque desse jeito o bulls não vai ganhar um titulo.

  7. Eu gosto do trabalho do Thibs. Ele (junto com o Rose, principalmente) resgataram os bons tempos da franquia depois da saída do Jordan, montou um baita sistema defensivo e fez milagres quando não tínhamos o Rose e jogamos com Robinson e Augustin como armadores e os caras foram muito bem. Lesões acontecem com todos, isso é fato. Eu penso que ele não conseguiu dar liga no time que tem, com o poderio ofensivo nas vindas de Gasol, Miro e McD e a defesa, que caiu muito nessa temporada. Eu questiono a rotação que ele usa nos jogos. Ele poderia ousar um pouco mais, verdade. Mas ele acaba pecando nisso.

    Confesso que também não quero que ele vá embora. Quem deveria repensar um pouco o que faz eram os Gm’s (Gar/Pax), por pecarem em não arriscar pra trazer um grande jogador pra não ultrapassar a luxury tax. Isso já faz anos e nada muda. Se eles ficarem nessa mentalidade, vamos passar temporadas e temporadas sem ganhar nada.

  8. Eu particularmente acho que o problema não é uma peça, é um sistema. O Sistema Thibs é muito bom, e com as peças certas poderia ter sido campeão. O fato do franchise player ter ficado de fora mais de 50% dos jogos desde que ele iniciou seu comando no bulls, é significativo. Sempre fui o maior defensor dele aqui no blog, sendo inclusive xingado por alguns insatisfeitos, e nessa temporada, até eu mesmo aumentei as criticas, principalmente na rotação e minutos do Butler (pq o do resto dos jogadores esteve na média da liga). Mas o fato é que a saída do Thibs nesse momento em que a franquia admitiu pagar uma anistia de 16M pro Boozer, que trouxe o Gasol, que tem Mirotic e um banco de respeito, significaria um retrocesso, um recomeço, que custaria todo esse investimento realizado agora. Independente do que acontecer agora, o Thibs deve ficar até o último ano de contrato do Rose, que é quando esse ciclo se encerra de verdade. Até lá, deveria se repensar no papel do Rose na franquia (sexto homem seria o ideal pra ele), Noah e Hinrich fora, e elenco montado em cima de Butler, Snell e Mirotic. Uma mudança no departamento médico, e novos diretores de basquete também não fariam mal…

  9. Em relação ao TT eu pessoalmente não gosto dele, acho mt fraco a montar o ataque, e tem uma rotação que só ele entende. Tb acho que com um treinador de qualidade em termos de ataque podíamos já ter tido mais sucesso. O problema e quem vem para o lugar dele. Para vir um pior mais vale ficar com ele. Em relação ao Rose nunca mais vai ser o mesmo. E tarde a pagar 20m. A um jogador para ser sexto homem nunca vamos ganhar nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s