All-Star Saturday Night

all-star

Definido o calendário completo do sábado para o All-Star Weekend com atletas do passado e do presente dos Bulls.

Faltando uma semana para o início do All-Star Weekend, a agenda de sábado (Shooting Stars, Skills Challenge, Three-point Contest e Slam Dunk) com os jogadores participantes dos desafios foi completada hoje. Os candidatos do torneio de enterradas já haviam sido divulgados a alguns dias. Vamos aos eventos.

Degree Shooting Stars: consiste em quem acertar os chutes em pontos definidos da quadra em menor tempo. Cada equipe tem três jogadores (um jogador em atividade, um ex-jogador da NBA e uma atleta da WNBA). Atual bi-campeão, o Team Bosh busca manter sua hegemonia. Entre as lendas participantes, o ala Scottie Pippen, um dos grandes ídolos da franquia, estará no torneio defendendo o time de Anthony Davis.

  • Team Bosh: Chris Bosh (Miami Heat), Dominique Wilkins (legend) e Swin Cash (New York Liberty);
  • Team Curry: Stephen Curry (Golden State Warriors), Dell Curry (legend) e Sue Bird (Seattle Storm);
  • Team Davis: Anthony Davis (New Orleans Pelicans), Scottie Pippen (legend) e Elena Delle Donne (Chicago Sky);
  • Team Westbrook: Russell Westbrook (Oklahoma City Thunder), Anfernee “Penny” Hardaway (legend) e Tamika Cacthings (Indiana Fever).

Taco Bell Skills Challenge: esse é para aqueles que tem velocidade e habilidade para executar cada etapa do percurso no menor tempo possível. Trey Burke, do Jazz, defende o título. Entre os concorrentes, temos um jogador dos Bulls: Jimmy Butler. O sistema desse ano é por mata-mata, já sorteado antes. Os duelos são:

  • Confronto 1*: Isiah Thomas (Phoenix Suns) x John Wall (Washington Wizards);
  • Confronto 2*: Michael Carter-Williams (Philadelphia 76ers) x Jeff Teague (Atlanta Hawks);
  • Confronto 3**: Trey Burke (Utah Jazz) x Brandon Knight (Milwaukee Bucks);
  • Confronto 4**: Jimmy Butler (Chicago Bulls) x Kyle Lowry (Toronto Raptors).

*vencedores se enfrentam na rodada seguinte fazendo a semifinal 1
**vencedores se enfrentam na rodada seguinte fazendo a semifinal 2

Foot Locker Three-Point Contest: um dos mais tradicionais campeonatos do All-Star Weekend. Ganha o jogador que somar mais pontos nos chutes triplos de cinco lugares em volta da linha dos três pontos. São 20 tentativas para cada um, valendo um ponto para cada bola tradicional e dois para as coloridas convertidas. Quem defende o título é Marco Belinelli, que já passou por Chicago e hoje está nos Spurs. Os concorrentes são:

  • Stephen Curry (Golden State Warriors);
  • Klay Thompson (Golden State Warriors);
  • James Harden (Houston Rockets);
  • Kyrie Irving (Cleveland Cavaliers);
  • Kyle Korver (Atlanta Hawks);
  • Marco Belinelli (San Antonio Spurs);
  • J.J. Redick (Los Angeles Clippers);
  • Wesley Matthews (Portland Trail Blazers).

Sprite Slam Dunk: para encerrar os eventos do sábado, temos o torneio de enterradas, que nos últimos anos não vem agradando ao público. O formato volta ao de 2012, onde os quatro participantes tem três tentativas cada para agradar os jurados com sua criatividade na hora de fazer a cravada. Ganha o atleta que somar mais pontos nas notas dos juízes. O vencedor do último evento, John Wall, não participará. Os candidatos são:

  • Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks);
  • Zach LaVine (Minnesota Timberwolves);
  • Victor Oladipo (Orlando Magic);
  • Mason Plumlee (Brooklyn Nets).

Os eventos acontecerão no dia 14, no Barclays Center, casa dos Nets.

Anúncios

11 Respostas para “All-Star Saturday Night

  1. http://www.cbssports.com/nba/eye-on-basketball/25052176/report-bulls-make-taj-gibson-available-for-trade-talks

    Parece que o Bulls tentará algo até a deadline. Mas é meio frustrante ver que apenas Gibson entrará nas conversas. Apesar que deve ser difícil negociar o Noah no momento, que para mim está fazendo hora extra no Bulls.

    Duas equipes que estão procurando por jogadores de garrafão e que podem ser potenciais destinos para o Gibson são Raptors e Suns.

    Minha opinião: Gosto do Gibson, eu não gostaria de trocá-lo, mas já que não dá para negociar o Noah, não temos muitas opções. Está claro que precisamos modificar algo nesse time, e com Gasol sendo titular absoluto e Mirotic precisando de tempo de jogo, até que não será tão ruim. Tenho lido por aí (nada concreto), que o Bulls tem interesse em Tobias Harris do Orlando Magic. Talvez seja o SF que precisamos. Harris com Dunleavy de backup seria sensacional.

    Rose/Brooks
    Butler/Hinrich
    Harris/Dunleavy/Doug
    Gasol/Mirotic
    Cone/Mohammed

    • E que jogadores podíamos quer dos Raptors e Suns? pode ser sempre uma troca a 3 times.
      Esse time era um bom time. tirando o Kirk e assinando o Allen e um back Center.

    • Teve outro repórter em Chicago falando em Wilson Chandler, dos Nuggets. Troca o Gibson com Denver, traz o Chandler e tenta assinar com o Blatche, que está na China.

      Não perderíamos poder de garrafão e teríamos um ala que não se limite ao chute de três.

      http://www.csnchicago.com/bulls/it-time-slumping-bulls-make-trade

      • Não sou muito fã do Chandler, daquele time prefiro o Afflalo. Mas acho que Gibson por Chandler seria bom para o Bulls por dois motivos. Primeiro que teriamos um SF, posição onde precisamos de reforço. Segundo que o contrato do Chandler é de apenas mais duas temporadas (contando com essa), e tem um lindo “team option” já para a próxima temporada, e o contrato do Gibson terá duração de três temporadas sem opções na última.

        Seria claramente um movimento não só para reforçar a posição três do time, mas também para abrir cap space na próxima temporada para o contrato máximo do Butler (sim, o Reinsdorf fará de tudo para não ficar acima do cap, ou estourar o menos possível).

  2. ‏@NickFriedell
    Thibs admitted that there is a chance Bulls could send McDermott to D-League after the All-Star break so that he can get some minutes.

    Isso é simplesmente horrível. O cara nos custou duas picks de primeiro round, tem que colocar o cara para jogar, ele não irá atrapalhar mais que Noah, Rose e Hinrich estão atrapalhando no momento.

    Isso só faz sentido se o Bulls realmente adquirir um SF até a trade deadline, com Dunleavy de reserva e Snell como terceira opção, é melhor que o Doug jogue e não fique parado.

    Sinceramente estou odiando a rotação do Thibs, até parece que o cara quer sair. Mas aí você olha lá atrás e se lembra que ele é teimoso mesmo e se ele confia num jogador, não importa o quão lixo ele esteja jogando, ele vai jogar 40 minutos porque sim.

  3. Se o Suns tiver mesmo interesse no Taj, talvez possamos ter uma surpresa e ter o Dragic envolvido… Por mais q o Suns queira renovar com ele, nao sabemos o q rola nos bastidores, principalmente pq o contrato dele é expirante e ele pode forçar a saida… Infelizmente queria acreditar nisso, mas é apenas a torcida de um pobre coitado q não aguenta mais ver o time se arrastando…

    • Na verdade ele tem uma team option, mas com um salario de 7 MM, com certeza ele vai abrir mao pra ser free agent

      • Ele já disse que irá testar a free agency, então se for para o Bulls será como uma locação de 3 meses pois o Bulls não tem grana para assinar com ele, e duvido que ele assine uma extensão no caso de troca. Assinar com o Dragic é o mesmo que dizer adeus ao Butler, que também será free agent, mas nesse caso o Bulls pode cobrir qualquer oferta.

  4. TT tem uma rotação mt má. Mandar o Mc3 para a dleague só tem logica se vier um SF.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s