94: O Ano de Pippen

scottie-pippen

Post especial em referência a temporada de 1993-94, quando a equipe foi capitaneada por Scottie Pippen.

O Início
Atual tri-campeão, Chicago buscava o tetra e era o grande favorito a conquista, mas a equipe já teria sua maior baixa antes mesmo do começo do campeonato. Michael Jordan encerraria a carreira pela primeira vez na NBA após o seu pai ser assassinado na Carolina do Norte. Com isso, os holofotes se voltaram a Scottie Pippen, o fiel escudeiro de Jordan.

Elenco

1994 RosterMesmo sem MJ, a base da equipe que venceu o último título havia sido mantida. Com as adições dos alas-pivôs calouros Toni Kukoc (Croácia) e Corie Blount (Cincinnati), do armador Steve Kerr que estava no Orlando Magic e do ala-armador Steve Myers, com passagem por vários times da NBA e estava há duas temporadas na Itália.

A Primeira Parte da Temporada

PippenUm início muito irregular dos Touros, somado a lesão de Pippen do tornozelo, que o fez perder 10 dos 12 primeiros jogos da equipe, começando a temporada com campanha de 5-7.

Na volta do camisa 33, Chicago reagiu muito bem no campeonato vencendo treze dos quatorze jogos seguintes, sendo dez deles de forma consecutiva. Agora consolidado como a estrela principal da equipe, Pip mantinha atuações de alto nível.

Na primeira metade do campeonato, Scottie teve 14 duplos-duplos (quatro deles seguidos) e 2 triplos-duplos, colocando Chicago em situação mais confortável do que no começo do campeonato (campanha de 34-13).

O Jogo das Estrelas

Pippen 1994 All-Star Game MVPA partida com os grandes nomes da temporada aconteceu em Minnesota e com um recorde para Chicago. Nesse All-Star Game, os Touros tinham três representantes: Pippen, B.J. Armstrong (ambos titulares) e Horace Grant (reserva). Feito nunca igualado até hoje.

Na partida, o Leste bateu o Oeste por 127-108. Scottie foi eleito o MVP da partida (29 pts, 11 reb, 2 ast, 4 stl e 1 blk). Além de Pippen, só Michael Jordan, em 1988, foram os únicos jogadores de Chicago a levar o prêmio de melhor jogador na partida festiva da liga.

A Segunda Parte da Temporada

Pippen Cover MaloneNa volta do campeonato, a oscilação rondava Chicago. Pip continuava jogando demais, mas a equipe não conseguia vencer, chegando a perder cinco jogos seguidos. Na partida que Chicago se reencontrou com a vitória após essa série negativa contra os Hawks, Scottie fez a partida da sua vida (39 pts, 10 ast, 9 stl e 6 reb).

Durante esse meio tempo, Chicago fez uma troca no seu elenco. Stacey King, hoje comentarista dos jogos dos Bulls para Chicago, foi trocado por Luc Longley, que defendia os Wolves naquele momento. Era a base do segundo tri-campeonato sendo montada.

Depois de se acertarem durante o restante da fase regular, Chicago novamente venceu dez partidas seguidas das últimas doze que disputou, mas não foi o suficiente para terminar a conferência leste em primeiro (55-27). Chicago ficaria atrás de Atlanta Hawks e New York Knicks (57-25 cada um) na classificação final do leste na temporada regular.

No geral, o camisa 33 teve as seguintes marcas na temporada regular (em 72 partidas):

  • 40 jogos com 20+ pontos;
  • 7 jogos com 30+ pontos;
  • 29 double-doubles e 2 triple-doubles;
  • Líder do time em médias de pontos (22.0 – 8º melhor da liga) e assistências (5.8) ;
  • Segundo na liga em roubadas de bola (2.9);
  • Vice-líder em rebotes (8.7) e tocos (0.8) dos Bulls;
  • Jogador da semana 11-17 de Abril de 1994;
  • Jogador do mês em Abril de 1994;
  • 1994 First All-Defensive Team;
  • 1994 First All-NBA Team.

Com excelentes atuações, Scottie foi cotado para brigar pelo prêmio de MVP da temporada regular. Na votação, o ala ficou em terceiro lugar, atrás dos pivôs Hakeem Olajuwon (Houston Rockets – que venceu o prêmio e também o de melhor defensor da temporada) e David Robinson (San Antonio Spurs – cestinha da temporada: 29.8 pts).

Os Playoffs – Primeira Rodada

Na primeira rodada, os Bulls enfrentaram os Cavaliers pelo quarto ano seguido. E como no ano anterior, Chicago varreu Cleveland em três partidas. Nessa série, Pip terminou com médias de 25.3 ppg, 9.6 rpg, 4.3 ast, 3.3 spg e 1.0 bpg.

Na segunda rodada, o adversário, também pelo quarto ano seguido, eram os Knicks de Patrick Ewing.

Os Playoffs – Segunda Rodada

Sem o mando de quadra, Chicago começou a série com dificuldades, perdendo as duas primeiras partidas em Nova York (90-86 no jogo 1 e 96-91 no jogo 2) com boas atuações coletivas e defensivas dos donos da casa.

No jogo 3 veio uma das atitudes mais polêmicas do ala. Com a partida empatada em 102-102, um quebra-pau generalizado durante o jogo e com 1.8 segundos para o final, Phil Jackson, técnico dos Bulls, ensaia a jogada de ataque que seria definida pelo croata Toni Kukoc, que havia decidido partidas apertadas durante a temporada. Pippen não aceitou a decisão do treinador e não retornou à quadra para a jogada final. No fim, o lance deu certo e Kukoc garantiu a vitória de Chicago por 104-102, mas P-Jax e Pippen teriam muito a explicar sobre esse momento após a partida.

No jogo 4, os Touros venceram com tranquilidade por 95-83 e empataram a série em 2-2, na volta da série a Big Apple. No jogo seguinte, o inferno astral de Scottie aumentou.

O Bulls venciam o jogo 5 por 86-85 a 7.6 segundos do fim, quando em jogada armada por Pat Riley, o armador Hubert Davis recebeu livre para o chute, Pippen tentou o toco mas acabou cometendo a falta no ato do arremesso. Davis converteu os lances livres e os Bulls tinham a bola para definir a partida com 2.1 segundos. Com Scottie em quadra, o lance foi para ele, mas Anthony Mason conseguiu roubar a bola no passe lateral e os Knicks tinham a chance de matar a série em Chicago.

Pippen Over EwingNo jogo 6 tivemos o lance que ficou registrado na história da NBA protagonizado pelo nosso ala. Era o terceiro quarto da partida, com seis minutos para o fim do período, os Bulls venciam por 15 pontos (63-48) quando NY foi para o ataque que acabou sendo rejeitado por Horace Grant. No contra-golpe, Armstrong passou para Pete Myers, que passou para Pippen de imediato e ele cravou na cara de Patrick Ewing (que já havia levado uma do Jordan em 1991, no MSG) e sobrou até para o Spike Lee, cineasta e torcedor fanático do time de Nova York. Depois do lance, houve um desentendimento entre as equipes e Pippen acabou tomando uma falta técnica. No final, os Touros venceram por 93-79 e levaram a série para o jogo 7.

Na partida que valia a vaga para as finais de conferência, Scottie fez sua parte (20 pts, 16 reb, 5 ast, 1 stl e 1 blk), mas foi insuficiente para Chicago vencer a partida. Os Knicks, pela primeira vez na história, eliminaram os Bulls nos playoffs com a vitória no jogo por 87-77 e na série por 4-3.

As médias do camisa 33 na série foram: 21.7 ppg, 7.7 reb, 4.7 ast, 2.0 spg e 0.6 bpg.

Hakeem OlajuwonDepois dessa série, NY chegou a final da NBA, após vencer os Pacers de Reggie Miller também em sete partidas. Chegando lá, acabou perdendo para o Houston Rockets de Hakeem Olajuwon (foto) também em sete jogos e o time texano ganhava a NBA pela primeira vez. Em 94, Olajuwon se tornou o único jogador da história a vencer em uma única temporada os prêmios de MVP da temporada regular, melhor defensor e MVP das finais da NBA. Quem chegou mais perto disso foi Michael Jordan, em 1988 (só não foi o MVP das finais).

Nos playoffs dessa temporada, Pippen terminou em segundo, no geral, em roubos de bola (2.4), atrás de Charles Barkley, do Phoenix Suns (2.5).

Independente do que tenha cometido durante a temporada, Scottie assumiu o papel que cabia ao Jordan e correspondeu as expectativas. Faltou o título, é verdade, mas muitas das conquistas de Chicago nos anos 90 não teríamos alcançado se não fosse por ele. Obrigado, Pippen.

Em nome de toda a equipe do blog Bulls Brasil, desejamos a todos um feliz Natal e boas festas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s