(46-32) Chicago Bulls 102 x 87 Minnesota Timberwolves (39-39)

placar com números

O Chicago Bulls venceu o Minnesota Timberwolves em um jogo que teve um começo muito disputado mas que no segundo tempo foi arrasador com o Bulls liderado por Joakim Noah e mais um triplo-duplo.

BoxScore 

ESCALAÇÕES

 

Chicago Bulls

  1.  Kirk Hinrich
  2.  Jimmy Butler
  3. Mike Dunleavy
  4. Carlos Boozer
  5. Joakim Noah

Minnesota Timberwolves

  1. Ricky Rubio
  2. J.J. Barea
  3. Corey Brewer
  4. Kevin Love
  5. Gorgui Dieng

 

 

 

Anúncios

44 comentários em “(46-32) Chicago Bulls 102 x 87 Minnesota Timberwolves (39-39)

Adicione o seu

  1. É bem possível que o Brewer ganhe uns minutos sim, já que foi contratado pra descansar o BUTLER… Só que nos play-offs, negativo. Butler com 48 minutos de média por jogo!!!

  2. O Brewer pode jogar nos playoffs? Se não me engano tem um limite de tempo para assinar e o Brewer assinou bem depois desse limite. Bynum assinou depois desse periodo e mesmo se não tivesse se machucado de novo, não poderia jogar os playoffs pelo Pacers.

  3. Boozer 3-13 FG, que negócio ridículo, ele que já chegou a ter mais de 50% FG na carreira… Não vejo a hora de termos Gibson e MIrotic revezando na 4…

  4. kkkk… o nosso time não tem o menor talento pra fazer jogadas bonitas….. esse contra-ataque quiseram fazer bonito, cagaram tudo, e acabou com um ganchinho bem simples do Taj mesmo.. rsrsrs

  5. Menino Noah td… E o Butler tem melhorado no FG, mas ele podia descansar agora nos ultimos jogos… Pq nos POs ele não sai de quadra.

    O Thibs é foda… Já estamos garantidos e o cara não roda a equipe, puta merda.

  6. Cara, depois do jogo que o Butler ficou 60min em quadra, não duvido de mais nada. E nesse momento, o Indiana passou o Heat. Volta a ser bom negócio o quarto lugar

      1. Particularmente, prefiro o Heat apenas em uma final de conferência. O doping psicológico aliado a rivalidade com o Heat pode fazer o Bulls endurecer o confronto; Indiana muito mal recentemente.

        O limite desse time, sendo bem realista, é a semi de conferência, mas nenhum time tem mais coração que o Bulls na liga. Uma finalnde conferência em um confronto duro não me surpreenderia

        1. Já tem gente falando que os Cats podem surpreender se pegarem o Pacers, não sei classificar mais pode levar até o game 7, assim como nós eu acho que temos condições de ir pro game 7 ou classificar em cima deles, e convenhamos eu já não aguento mais enfrentar este time do Heat.

    1. Q depois dessa fase dos triple-doubles caiu drasticamente de produção, diga-se de passagem…. A fase do Pacers afetou tb seu rendimento, ou vice versa, rs

      E vou ter de falar do Dieng… Não é nenhum futuro star, mas cairia como uma luva na rotação do garrafão com o Noah, Taj e Boozer… Vem se mostrando mais interessante q o Snell nesse primeiro ano. Distribuiu toco pra tudo quanto é lado hj, falam até em mantê-lo e se desfazerem do Pekovic (o q pra mim seria uma burrada sem tamanho, mas é o q li por aí). Cada dia mais me convenço que o melhor seria ter pego ele nesse draft… Uma pena…

      1. Eu já acho que o Tim Jr. vindo do banco seria extremamente interessante… uma pena mesmo, o Snell ter potencial, mas sua personalidade o atrapalha…

        1. Verdade, Tim Jr tb vem muito bem, já havia inclusive comentado sobre ele em um jogo do Bulls com o Knicks.

          Sobre o Snell, tenho a mesma opinião… Parece q ele ainda não assimilou o estilo de jogo do Bulls, assim como o espírito de entrega q a equipe apresenta… Parece sempre entrar desligado e desinteressado…

    1. Acho o Cats mais negócio que o Wizards. incrível como o Bulls teve dificuldades contra o time de Washington nessa temporada.

      Agora, Cats e Wizards nos Playoffs. Se alguém dissesse isso antes de começar a temporada, certamente seria internado em algum sanatório.

      Por fim, Knicks out \o/

  7. Boozer called the role reduction “challenging” but said he still sets a double-double as his goal. Boozer finished with six points and four rebounds against the Timberwolves. “I’ve just adjusted,” he said. “I’m doing whatever I can to help my team in the minutes I’m out there. I’m being a team player. It’s all about winning. You make sacrifices for the betterment of the group. That’s what we’re all doing. “Each night, there are different challenges depending on matchups and how often you touch the ball because that varies. But the intensity is always there. The passion is always there. Playing hard to win is always there. The numbers may vary, but the winning part is always there.” Chicago Tribune

    Gostei dessa declaração do Boozer.

  8. Esses dois reforços não vão acrescentar em nada na rotação do time. O James é o quarto armador!!! Eu acho o Fredette mais jogador que ele. Já o Amundson não tenho nem comentários a fazer…

    Era melhor não ter contratado esses caras!!! Economizaria o dinheiro dos salários!!! eu sei q não é mta coisa, mas pra próxima temporada vamos precisar de todo o dinheiro disponível pra montar um ótimo elenco.

  9. Until becoming his teammate this season, Mike Dunleavy spent Joakim Noah’s entire NBA career as a Central Division opponent. “I heard teammates say, ‘I can’t stand that guy,'” Dunleavy said. “I had a perception of him as a polarizing guy, one where teammates love him and opponents don’t like him.

    kkkkkkkkkkkkk, Oh Good.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑