(43-17) Miami Heat 88 x 95 Chicago Bulls (35-28)

placar com números

O Chicago Bulls fez um dos melhores jogos da temporada, com tudo o que tem de melhor, sua garra e poder de superação e venceu o Miami Heat com direito a prorrogação e muita emoção.

BoxScore 

RESUMO

Hoje talvez tenhamos tido o jogo mais emocionante da temporada dos Bulls e talvez um dos mais marcantes da carreira de Joakim Noah.FIM DE JOGO.
Chicago Bulls 95 - 88 Miami Heat

Hoje talvez tenhamos tido o jogo mais emocionante da temporada dos Bulls e talvez um dos mais marcantes da carreira de Joakim Noah.
O jogo em si foi tão complicado e intenso que ficaria difícil detalha-lo aqui, mas talvez essa imagem que foi postada já esclareça muita coisa, afinal a garra de Joakim Noah nos momentos decisivos do jogo nos deram a vitória, claro assim como ótimas atuações de D.J Augustin, Taj Gibson e principalmente Jimmy Butler.

Mas quanto ao jogo, como sempre os Bulls fizeram uma partida de igual pra igual com o atual campeão mas ficou atrás no placar durante muito tempo... E após um 3º quarto dominado pelo Heat os Bulls voltaram para o último e decisivo período com sede de vitória, até que finalmente tomaram a dianteira no placar e ficaram dominantes dos dois lados da quadra.
Mas infelizmente a bola de longa distância do Heat começou a cair também e nosso time se viu numa situação complicada nos segundos finais, mas graças ao trabalho defensivo monstruoso de Jimmy Butler nosso Ala roubou a bola das mãos de LeBron James nos segundos finais levando a partida para o OverTime.

Já no OverTime nosso time imperou de forma inenarrável... nós vimos o time fazer de tudo em quadra, fora roubos de bola, tocos, cestas inteligentíssimas, chamadas de falta muito bem executadas e enfim, tudo contribuiu para que nosso time saísse vitorioso.

E mais uma vez o nosso camisa número 13 saiu de quadra fazendo história. Joakim Noah quase marcou um Quadruple-double e foi o primeiro jogador desde Shaquille O'neal em 2004 a fazer 20+ pontos, 10+ rebotes, 7+ assistências e 5+ tocos numa partida.
Esse é o nosso time e nossos jogadores, essa é a raça de campeão e gloriosa que nosso time carrega consigo e nunca perderá enquanto Joakim Noah estiver por ali. #GoBulls #SeeRed #Bullieve #NoahForever #BeatTheHeat

Dados da partida:
Joakim Noah - 20 pontos, 12 rebotes, 7 assistências e 5 tocos.
D.J Augustin - 22 pontos e 2 assistências.
Jimmy Butler - 16 pontos, 11 rebotes e 4 roubos.
Kirk Hinrich - 11 pontos, 3 rebotes, 4 assistências e 2 roubos.
Taj Gibson - 7 pontos, 10 rebotes e 4 assistências.

Pelo Heat:
Dwyane Wade - 25 pontos, 5 rebotes e 4 assistências.
LeBron James - 17 pontos, 9 rebotes, 8 assistências e 3 roubos.
Chris Bosh - 15 pontos e 5 rebotes.
O jogo em si foi tão complicado e intenso que ficaria difícil detalha-lo aqui, mas talvez essa imagem que foi postada já esclareça muita coisa, afinal a garra de Joakim Noah nos momentos decisivos do jogo nos deram a vitória, claro assim como ótimas atuações de D.J Augustin, Taj Gibson e principalmente Jimmy Butler.

Mas quanto ao jogo, como sempre os Bulls fizeram uma partida de igual pra igual com o atual campeão mas ficou atrás no placar durante muito tempo… E após um 3º quarto dominado pelo Heat os Bulls voltaram para o último e decisivo período com sede de vitória, até que finalmente tomaram a dianteira no placar e ficaram dominantes dos dois lados da quadra.
Mas infelizmente a bola de longa distância do Heat começou a cair também e nosso time se viu numa situação complicada nos segundos finais, mas graças ao trabalho defensivo monstruoso de Jimmy Butler nosso Ala roubou a bola das mãos de LeBron James nos segundos finais levando a partida para o OverTime.

Já no OverTime nosso time imperou de forma inenarrável… nós vimos o time fazer de tudo em quadra, fora roubos de bola, tocos, cestas inteligentíssimas, chamadas de falta muito bem executadas e enfim, tudo contribuiu para que nosso time saísse vitorioso.

E mais uma vez o nosso camisa número 13 saiu de quadra fazendo história. Joakim Noah quase marcou um Quadruple-double e foi o primeiro jogador desde Shaquille O’neal em 2004 a fazer 20+ pontos, 10+ rebotes, 7+ assistências e 5+ tocos numa partida.
Esse é o nosso time e nossos jogadores, essa é a raça de campeão e gloriosa que nosso time carrega consigo e nunca perderá enquanto Joakim Noah estiver por ali. ‪#‎GoBulls‬ ‪#‎SeeRed‬ ‪#‎Bullieve‬ ‪#‎NoahForever‬‪#‎BeatTheHeat‬

Dados da partida:
Joakim Noah – 20 pontos, 12 rebotes, 7 assistências e 5 tocos.
D.J Augustin – 22 pontos e 2 assistências.
Jimmy Butler – 16 pontos, 11 rebotes e 4 roubos.
Kirk Hinrich – 11 pontos, 3 rebotes, 4 assistências e 2 roubos.
Taj Gibson – 7 pontos, 10 rebotes e 4 assistências.
Pelo Heat:
Dwyane Wade – 25 pontos, 5 rebotes e 4 assistências.
LeBron James – 17 pontos, 9 rebotes, 8 assistências e 3 roubos.
Chris Bosh – 15 pontos e 5 rebotes.

ESCALAÇÕES

Miami Heat

  1. Mario Chalmers
  2. Dwyane Wade
  3. Lebron James
  4. Shane Battier
  5. Chris Bosh

Chicago Bulls

  1. Kirk Hinrich
  2. Jimmy Butler
  3. Mike Dunleavy
  4. Carlos Boozer
  5. Joakim Noah
Anúncios

94 comentários em “(43-17) Miami Heat 88 x 95 Chicago Bulls (35-28)

Adicione o seu

  1. Se o time depender apenas da agressividade do Augustin no ataque é derrota certa, pois a solução para isso é só colar o Norris Cole no cara e ja era..

    Precisamos de um Butler mais agressivo, ele esta muito timido no ataque.. no ultimo jogo a questão não foi nem a boa defesa do Grizzlies, ele simplesmente não tentou..

    Outro ponto chave é o Boozer.. ja vencemos o Heat nessa temporada com uma atuação incrivel dele.. é um dos nossos pontos de referência no ataque, se ele não aparecer, o jeito é torcer para que pelo menos não atrapalhe muito, que é o que vem acontecendo.. mas seria de MUITA ajuda se ele fizesse um daqueles excelentes primeiros quartos que ele é acostumado a fazer..

  2. Sempre deixamos a gazela sozinha na linha dos três, incrivel como não aprendemos essa jogada manjada.. ele não tem basquete para fazer nada contra a nossa defesa dentro do garrafão, é óbvio que vai ficar lá fora chutando..

    1. Sei lá mano.Acho que não dá para comparar o processo de recuperação dos dois.Rose teve ACL e ainda por cima,ficou muito mais tempo parado do que o WesTO,o que contribui pra ficar mais enfurrujado.

      1. Não estou comparando, eu sei que é mais dificil para o Rose, só disse que gostaria que fosse assim, tipo uns 3 ou 4 jogos para voltar jogando em alto nivel..

        1. Pesa tb o lado emocional.Vc pode reparar que o Rose tava com tanta fome na preseason que era difícil de se controlar.Nesses 10 jogos que ele atuou até se lesionar,vinha com um alto número de TOs.Ele tava rápido demais e pensando muito rápido tb.É muita vontade para tirar o tempo perdido que chega parecer a um preso quando fica muito tempo sem ver uma mulher hehehe.

  3. Jogaço!

    Bulls teve muita fibra pra virar depois dos 12 pontos de desvantagem.Augustin e Noah muito bem no jogo todo mas gostaria de destacar o Butler que foi crucial para a vitória.Eu sempre espero muito desse garoto.As lesões tiraram o ritmo mas quem acompanha o Bulls sabe do potencial que ele tem.A visão nas roubadas de bola são de quem conhece,fora a ótima marcação que já é de costume.Só precisa ser mais consistente no ataque e vai conseguir seus 15 ppg para ajudar ainda mais esse time.

    1. Ele realmente mandou muito bem hj e torço muito pela sua evolução ofensiva, mas não vi ele chegar nem perto do TD… fora rebotes e pontos, o quesito mais alto foi steals, com 4

  4. “The Bulls fight every second, which leaves nothing extra for the playoffs, when other clubs have it and Chicago will need it the most.”

    Infelizmente é a verdade.

    Contratamos o Fredette para nada.. ele poderia aliviar nossa rotação para não chegarmos quebrados nos playoffs..

  5. Estava lendo uma reportagem falando do Augustin nos Bulls e como um está ajudando ao outro. E eis que leio algo que me interessou e muito:

    According to Joe Cowley of the Chicago Sun-Times, Augustin might well return the favor afforded by his second chance:

    “The good news is Augustin wants to return next season and seems ready to give the Bulls a bit of a discount, considering they took him off the unemployment line in December after he was waived by the Toronto Raptors and helped him resurrect his career.”

    Se o DJ estiver disposto mesmo a dar esse desconto, aumenta e muito as chances dele voltar temporada que vem!

    1. Situação parecida com a do Nate que sempre deixou claro que queria voltar ao Bulls..

      Augustin nunca aceitaria um contrato de apenas uma temporada pois seria arriscado se contundir e comprometer o próximo contrato, e também ele nunca aceitaria um contrato longo (2/3 anos) barato demais pois se ele continuar jogando como está, seria broxante ficar preso a um contrato barato..

      O único fator que faria ele permanecer no Bulls, e se eu fosse ele consideraria, é que talvez ele possa não render em outra equipe, pois no Bulls até o cara mais fraquinho consegue aparecer por causa da mentalidade do Thibs..

    2. Cara, eu não acredito em nada disso… se ponha no lugar dele: Você jamais teve um bom contrato na vida, de repente você mostra seu valor, e a franquia na qual você está jogando tem toda a possibilidade de lhe dar um belo contrato. Você aceitaria ganhar duas milhas quando outras lhe ofereceram 5 ou 6?? Nem fu…. rsrs

      Já o Melo, é um cara consagrado, tem uma das maiores hypes da liga, tem patrocinadores pessoais que lhe pagam muito bem, poderia ter um decréscimo salarial para competir de igual para igual com James, Wade, Durant e cia…

      1. Não sei se vão oferecer tudo isso por ele não… Existia a mesma dúvida pelo Nate, e ele aceitou um contrato de 2MM por temporada, com duração de 2 anos… se os valores forem parecidos, é torcer para q o Bulls não deixe outra boa opção para a armação sair do time

        1. Cara, eu acho que o Augustin tem um valor superior ao Nate em vários quesitos: é mais alto, defende melhor, e principalmente, arma melhor! O Nate é um crazy shooter competente, talvez um pouquinho mais mortal que o DJ…
          Sem falar na idade, o nate passou dos 30, e o DJ tá entrando no auge….

          1. Nate não passou dos 30, ainda vai fazer 30. Mas o q vc disse faz sentido, mesmo achando q não vão oferecer 5MM por temporada pra ele. Tenho a sensação q se oferecer um contrato de 10 MM por 3 anos, ele aceita

          2. Amigos eu acredito que um contrato de 2 anos por 3 milhões cada por temporada deva ser o suficiente. Talvez o segundo sendo player option, mais ou menos o que o Denver fez com o Nate. Se anistiarmos mesmo o Boozer, 3 milhões não vai ser nada perto do que o Augostin está ajudando e ainda poderá ajudar. Não acredito sinceramente que alguma outra equipe pagará mais do que isso a ele, até porque essa é a posição mais concorrida da liga, quase todos os times tem otimos jogadores na posição e já tem all star ganhando na casa de 11~12 milhões.. Curry e Holiday por exemplo.

  6. Cara, eu vejo esse tempo de banco e adaptação ao sistema Thibs meio como uma provação… se o cara realmente quer fazer parte dele, ele atura isso, e depois faz sucesso… foi assim com Butler, com Nate e só não foi com o Augustin devido a necessidade. O Fredette terá que passar por isso na temporada, para quando surgir a oportunidade, ele estar pronto. Eu sou muito suspeito pra falar do Thibs, por que apesar dos defeitos, o cara extrai algo desses caras que eu não vejo em outros coaches…. HOJE eu não o trocaria por nenhum outro na liga…

  7. Parabéns a equipe do Bulls pela raça que vem apresentando em quadra não tenho acompanhando com tanta frequência como em temporadas, mas os poucos jogos que assisti vi que estão fazendo de tudo para honrar a camisa que vestem!!!!

  8. Eu continuo achando que o pessoal pega pesado demais com o Buckets… o cara é foda demais!! Chegando o Mirotic e o Rose se recuperando, ele pode virar um Lance Stephenson caseiro melhor e mais barato…. o Stephenson hoje é um belo starter por que Indiana tem um belo roster pra decidir, deixando-o “livre” das atenções, algo que pode acontecer com o Butler, quando o Bulls tiver mais opções ofensivas…

    1. Não temos mais o Deng para descer a lenha, alguem tinha que segurar a bronca no lugar dele.. rsrs

      Essa de “livre das atenções” é surreal, isso não acontece, ele não tem marcação especial, nunca teve. Tanto que ele tem muitos open shots durante as partidas, e erra a maioria, seu FG é mediocre fora do garrafão.. isso é incompetência ofensiva mesmo..

      Mas.. enquanto estiver defendendo bem, da pra passar.. mas ele precisa entregar mais no ataque.. muitos erros, muitas decisões ruins.. ainda mais para um cara onde a maioria das ultimas bolas são confiadas (e sempre acabam em uma jogada podre).

        1. Boozer já é colocado pra Cristo faz tempo, rs… E nessa temporada tá merecendo… Começou bem, mas como de costume, vai chegar aos playoffs em baixa

      1. Loveless, o próprio fato de as “últimas bolas” estarem caindo em suas mãos, já denotam que ele tem uma importância maior do que deveria.. e que só a tem devido a escassez ofensiva da equipe. Pra mim, e isso é minha opinião, FT de 76,6% são decentes, e tem QI de basquete acima da média…. Minha opinião!

        1. O aproveitamento de FT não tem nada a ver com a discussão, aliás, não da nem para começar uma discussão se o parâmetro para analisar o poder ofensivo de um jogador é o FT..

          E sim são números decentes de FT mas inúteis quando você tem:

          FG de 0.393 e FG de 3 pontos de 0.261.

          É patético, risível.

          Como eu disse, só passa pq é marcador de elite, mas esses números machucam o time no final das contas.

          É o mesmo caso do Boozer, faz 15 pontos mas leva 30 na cara pq é um defensor ruim. Cadê a vantagem?

        2. Eu sinceramente não consigo entender pq as bolas decisivas sempre caem na mão dele. Não quero acreditar que é falta de opção ou que não ha jogada tramada, até pq sempre tem um tempo antes pra decidir a bola…. Mas eu concordo com o Francisco qdo ele diz que com a volta do Rose e possivelmente mirotic o jogo dele pode melhorar. Basta pensarmos que será menos pressão para encestar, já que ao lado tem jogadores mais qualificados ofensivamente.

    2. Tb gosto muito do Butler. Defensivamente, existem poucos jogadores com sua qualidade, e sinceramente acho q o Stephenson teve um inicio bom de temporada, acho divertido ve-lo jogar, mas não o vejo com esse hype todo q fazem, é bem pelo q vc disse mesmo, o bom momento se deve ao resto do elenco do Pacers… Prefiro o Buckets no Bulls mil vezes, mas continuo com a impressão de q ele peca muito ofensivamente, muitas vezes hesita, não se apresenta para chutar ou continua pecando no chute (inclusive nos open shots). Mas como disse em outro post, não tiro a importância dele para o time, mas esperava mais dele ofensivamente e continuo esperando. É apenas a terceira temporada dele, o Taj melhorou absurdamente ofensivamente nessa temporada, e espero o mesmo do Butler, o q o tornará cada vez mais completo.

      1. O Butler estará no futuro da franquia, independente da chegada do Lance ou do Melo. Ele simplesmente não pode ser considerado uma opção ofensiva. A cada partida que passa eu tenho mais certeza de que ele será um novo Tony Allen, ou seja, um marcador top e nada mais. É importantíssimo ter um Stopper como starter mas ele não deve ser cobrado pra fechar jogos ou ter 15-20 ppg. Pra isso temos o Rose e talvez teremos o Melo.

        Querer cobrar dele ofensivamente é que nem querer cobrar do Noah. São jogadores defensivos e não pontuadores.

        1. Taj tb não era uma opção até temporada passada, e em vários jogos tem comandado o ataque. E Noah tem ido bem no ataque tb. E ninguém cobra dele de fechar jogos, isso é uma mania do Thibs q ninguém entende. Mas passar a caprichar nos open shots não é pedir algo demais para um SG/SF, é?! Nenhum problema em ele se tornar um Tony Allen da vida, mas continuo torcendo para que ele seja um jogador mais completo e acredito q ele pode render mais ofensivamente sim.

  9. Agora imaginem este time ai “trocando” o Kirk, Boozer, Dualeavy por Rose, Mirotic e Carmelo ????
    Se o Carmelo não aceitar ganhar 15 milhas para jogar num time deste, já tendo uma cerreira onde sempre ganhou muita grana, para ser campeão é poque merece mesmo se aponsentar sem um anel

  10. Eu ouvi e li um boatos que pra próxima temporada o Rose seria deslocado para a posição de SG, será q isso vai acontecer mesmo???

    Caso isso aconteça, na minha opinião, deveríamos manter o Kirk no elenco. Não é nenhuma star, mas ele joga bem e é regular a temporada inteira!!! só precisa ver se ainda vai ter físico pra aguentar uma temporada inteira, pois ele já não é nenhum garoto.

  11. O que o Butler produzir ofensivamente,pra mim é lucro.Ele não vai ser um jogador que comprometerá o FG do time pq não vai chutar mais 10 bolas por jogo.Claro,desde que o Bulls traga mais uma opção ofensiva,preferencialmente,uma que jogue como a primeira força.Ele é importantissimo pro nosso time.

    1. É disso que estou falando! Ele não pode ser cobrado pra pontuar, o trabalho dele é defender, o que vier é lucro.

      O Taj tem quase 30 anos e só agora melhorou seu jogo ofensivo e fez isso sem ter cobrança em cima dele. Se o Butler melhorar ótimo, mas não é exigência ser o scorer do time.

      1. Não precisa ser o scorer do time, vc está confundindo as coisas. Pedir para que ele acerte open shots q uma criança acerta e ele erra não é querer q ele seja um scorer, nem estou cobrando q ele chute mais de 10 bolas no jogo, mas acertar 4 bolas de 15 chutadas é no minimo ridiculo (esse foi o numero dele no jogo contra o Heat). Se é assim, então q não chute ou melhore seu arremesso, e é isso q estou cobrando. E não sei em q lugar q o Taj nunca foi cobrado. Pode ser lá nos USA, pq aqui todos xingavam ele a cada ataque desperdiçado e imediatamente pediam sua troca.

  12. O time do Bulls é complicado. É nítido que falta talento ofensivo individual, e que tem, sem dúvida, o melhor treinador no aspecto defensivo de toda a liga, bem como jogadores stars defensivos. Fico imaginando um Heat da vida na mão do Thibs…O time tem, na frieza dos números, simplesmente a melhor defesa e o pior ataque da liga.

  13. eu sempre vejo as postagens de todos aqui …. todos os dias…. de Loveless; Alisson; james; italo. Nunca postei….. mas eu vejo estas críticas … igual a de noah no início da carreira… quando a galera criticava ele….. principalmente ofensivamente….mas ele virou um craque…. o bluter será um grande jogador…. pois tem visão de jogo…. antecipa as jogadas…. e já anulou vários grandes jogadores na temporada…. lembrem-se que ele é novo… no próximo ano ele arrebenta….. tanto ele como gibson sofre muitas críticas….. mas as outras franquias são loucas por estes 02 jogadores…. lembro-me da política de várias pessoas na temporada passada, neste site pedindo a troca de noah por Howard…. deng…. e agoraaa

  14. de todos nesse time atual …. eu não entendi a permanência de Boozer…. ele é muito feio arremessando…. fraquíssimo em infiltrações….. de bom só debaixo da cesta…. e ganha muito dinheiro pra oq ele joga….. tem muito jogador bom aiiiiii….vcs falam em diversos…. concordo com vários sitadossss…. eu queria muito se o Carmelo chegasse…. mas essa diretoria é fogoooo….. muito ruimmmmm….. só gosta de jogadores medianossssss….. é rezar pra o rose eo mirotic vir jogar juntos….. eu acho que não vem o Melo naummmm… grande penaaaaaa…. pios seriamos campeão novamenteeeee….. Q saudades de Jordannnn e daquela Diretoria…..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑