(41-12) San Antonio Spurs 103 vs 89 Chicago Bulls (30-21)

placar com numeros

O Chicago Bulls perdeu para o San Antonio Spurs: o líder da conferência oeste, mesmo sem seus principais jogadores, foi superior ao Bulls, que jogou mal durante boa parte do jogo e não teve forças para reagir.

BoxScore

RESUMO

Apesar da ausência do trio Tim Duncan, Tony Parker e Manu Ginobili, quem se deu melhor quando a bola subiu na cidade dos ventos foi o San Antonio Spurs, que movimentou bem a redonda e encontrou aberturas na defesa adversária. Mas o Chicago Bulls, comandado por Carlos Boozer e Richard Hamilton, manteve o equilíbrio em quadra. No último minuto do primeiro período, Joakim Noah e Luol Deng anotaram suas primeiras cestas e conferiram vantagem de duas posses a favor dos mandantes. Spurs 20, Bulls 24.

Marco Belinelli começou o segundo quarto ligado e interceptou passe de Gary Neal antes de dar uma bela enterrada. Esse, porém, foi o único turnover dos Spurs na etapa inicial – contra 10 de Chicago – e isso foi o grande diferencial entre as equipes. Chicago dominava nos rebotes, mas não conseguia converter essa vantagem em pontos e foi para os vestiários atrás no placar depois de um quarto amargo. Spurs 51, Bulls 42.

Na volta do intervalo, os don0s da casa continuaram desperdiçando suas posses de bola, principalmente com faltas ofensivas. O trabalho de Gregg Popovich se mostrou eficaz novamente e, mesmo sem a cadência do francês Tony Parker em casa, San Antonio administrava o resultado de forma impecável. A torcida presente no ginásio se empolgou quando ele (sempre ele) botou fogo na coisa: Nate Robinson assumiu a responsabilidade e liderou uma reação que cortou uma vantagem de 14 pontos para apenas cinco ao fim da terceira parte. Spurs 76, Chicago 71.

A pausa entre terceiro e quarto períodos não esfriou os Bulls, que se viram atrás por apenas um tento após enterrada de Taj Gibson; Os visitantes só foram marcar no 4/4 após mais de três minutos corridos. Entretanto, a alegria dos touros durou pouco: o brasileiro Tiago Splitter deu uma canseira no garrafão e San Antonio rapidamente se recuperou no embate. Kawhi Leonard complementou com baldes de água fria nas esperanças de Chicago. Spurs 103, Bulls 89.

ESCALAÇÕES

San Antonio Spurs

  1. Nando De Colo
  2. Danny Green
  3. Kawhi Leonard
  4. Boris Diaw
  5. Tiago Splitter

Chicago Bulls

  1. Nate Robinson
  2. Richard Hamilton
  3. Luol Deng
  4. Carlos Boozer
  5. Joakim Noah

DESTAQUES

San Antonio Spurs

  • Kawhi Leonard: 26 pontos e 4 rebotes;
  • Daniel Green: 18 pontos, 6 rebotes e 3 tocos;
  • Tiago Splitter: 16 pontos, 5 rebotes 3 assistências e 2 roubos;
  • Gary Neal: 16 pontos, 3 rebotes e 2 assistências;

Chicago Bulls

  • Nate Robinson: 20 pontos, 2 rebotes, 7 assistências e 3 roubos;
  • Richard Hamilton: 16 pontos;
  • Carlos Boozer: 14 pontos e 8 rebotes;
  • Luol Deng: 11 pontos, 11 rebotes e 1 assistência;
Anúncios

30 comentários em “(41-12) San Antonio Spurs 103 vs 89 Chicago Bulls (30-21)

Adicione o seu

  1. Spurs está um pouco cansado, tendo em vista que no jogo de ontem os caras correram barbaridade para alcançar o Brooklyn nos dois últimos quartos…

  2. Jogaço mesmo! Sou um fanático pelos Bulls, mas meu segundo time na NBA é o SPURS, pois a imprensa não puxa-saco deles, tal como não fazem com o time de Chicago. Gosto bastante da maneira como eles estudam e escolhem os jogadores de Draft. Os caras fazem “feitiçaria” pra descobrir craques como Manu, Tony Parker, e essa gurizada nova boa de bola em posições pouco chamativas do Draft. O Bulls igualmente tem feito boas escolhas nesse sentido, desde Asik, Mirotic, Butler, Taj Gibson..

    Hoje será jogão! Bulls vence com show de Carlos Boozer!

    Abraços
    Até mais

  3. Porra, construí uma frase muito mal feita rsrsr. Reformulando

    “Sou fanático pelos Bulls, mas meu segundo time na NBA é o SPURS, pois ambos ficam sempre meio largados de lado pela imprensa, não tem uma puxação de saco como ocorre com Lakers, Heat, New York, Celtics, entre outros.”

  4. Lendo o post anterior sobre o Jordan fui dar uma olhada em alguns vídeos dos primeiros jogos do Jordan na NBA e é absurdo ver como ele jogava fácil, com os mesmas jogadas, tanto na defesa quanto no ataque, que marcaria a história de Chicago anos depois.. ele está em outro patamar, sem comparação…

  5. Esse não é o teste que eu pensava que seria…Spurs sem seus 3 principais jogadores. Perdi todo o interesse no jogo. De qualquer forma….vamos lá….

  6. O Bulls parece jogando com o frio de mão puxado contra os reservas dos caras. Acham que sem o big3 deles vai ser facil, se não jogar o que pode, vai acabar perdendo

  7. Sr. João, tenho seguido seus conselhos, mas o tal noah e ridículo. Contra o denver dois pontos e hoje sete. O unico agarres que nao fez dez pontos. E contra um time de velhos mortos. Aí nao agüento. O cara será que esta gripado de novo? Enquantomesta bosta jogar no bulls adeus campeonato. Omisso, ruim de ataque, no máximo um alegrador de torcida, que alias tem um pe atras com ele. Fora Gar, fora inútil. E ainda dizem que esta bosta e top 3. Só se for de inutilidade.

    1. Noah é o melhor center da divisão leste e um dos melhores centers que o Bulls teve recentemente… tanto é que o cara ta com Fascite Plantar, que é uma lesão de doi muito e prejudica o deslocamente e ainda sim vai para os jogos pois sabe que não há outro center de nível para colocar em quadra.

      Isso é raça e comprometimento!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑