(22-15) Chicago Bulls 107 vs 105 Toronto Raptors (14-25)

placar com numeros

O Chicago Bulls venceu nesta quarta-feira o Toronto Raptors dentro do Air Canada Centre com direito a prorrogação e grandes emoções.

BoxScore – 

 

RESUMO

Mais uma vitoria fora de casa na conta do Bulls, essa foi suada, mas veio e com ela o Bulls vai para a quarta posição da conferência leste. O Bulls chegou a estar ganhando o jogo por quase 20 pontos de vantagem, mas vacilou e deixou o Raptors chegar no placar e empatar no final, levando o jogo para o OverTime, em um jogo truncado no tempo extra o Bulls levou a melhor e venceu o jogo por 107 a 105 com a ultima cesta de Luol Deng restando apenas 3 segundos, um jogo emocionante que traz moral para enfrentar seu próximo adversário o Boston Celtics.

QUARTO A QUARTO

No primeiro quarto o Bulls estava melhor do que o Raptors, jogando bem na defesa e no ataque, destaque para Carlos Boozer que estava muito bem no jogo. Antes do final do período o Bulls tinha uma vantagem de 10 pontos, com duas boas jogadas do Raptors a diferença caiu para 7 pontos, fechando o placar do primeiro quarto em 29 a 22 para o Bulls, destaque para Boozer que estava com 17 pontos, 5 rebotes e 3 assistências.

No segundo quarto o jogo ficou equilibrado, com os reservas o Bulls não foi tão eficiente no ataque, marcaram apenas 4 pontos em 5 minutos, e o Raptors empatava no placar. O jogo ficou realmente muito disputado com varias trocas de liderança. O Bulls melhorou no ataque com os titulares e voltou a ter uma vantagem no placar. Boozer continuava jogando bem e chegava aos 25 pontos, o placar na saída para o intervalo estava em 52 a 44.

O Bulls voltou melhor do que o Raptors para o terceiro quarto e em 2 minutos de jogo ampliava a vantagem para 14 pontos. Boozer estava em uma noite incrível  Rip Hamilton fez 9 pontos quase que seguidos incluindo 2 cestas de 3 pontos e a diferença no placar era de quase 20 pontos. Com os reservas jogando bem o Raptors diminuiu a diferença, uma estatística interessante do jogo era que o banco do Toronto Raptors tinha feito 41 pontos enquanto o banco do Chicago Bulls estava com apenas 8 pontos, e com isso o Raptors tirou a diferença e o placar no final do terceiro quarto era de 79 a 73 para o Bulls.

No inicio do ultimo quarto com a volta do Boozer o Bulls melhorou e com 4 pontos de Taj Gibson a vantagem era de 10 pontos restando ainda 10 minutos. O Raptors acertava algumas bolas que levantavam a torcida, o Bulls tinha que tomar cuidado com essas bolas e se defender melhor, para que o Raptors não ameaçasse a virada sobre o Bulls. O jogo ficou um bom tempo em 95 a 91, até que Kirk Hinrich cometeu sua 6 falta e ficou fora do final do jogo. Mesmo com o Boozer acertando mais 2 pontos, o Raptors diminui a vantagem para apenas 2 pontos restando pouco mais que 1 minuto para o fim do jogo. Nate Robinson fez um falta no arremesso de 3 pontos de Kyle Lowry, mas ele acertou apenas 2 arremessos, deixando o Bulls ainda com 2 pontos na frente. Belinelli acertou apenas 1 lance livre e o Bulls tinha 3 pontos de frente restando apenas 1 minuto. Lowry fez mais 2 pontos, era um grande final de jogo. O Bulls não acertou seu ataque, restava apenas 25 segundos, a diferença era de apenas 1 ponto. O Raptors não fez os pontos mas pegou o rebote e recebeu a falta, convertido apenas 1 ponto, o jogo estava empatado a bola era do Bulls e restava apenas 11 segundos, era o tipo de bola perfeita para o astro Derrick Rose, mas o Bulls ainda não conta com ele, e o encarregado para a ultima bola foi Marco Belinelli que não converteu os pontos e ainda por cima deu a chance para que o Raptors tivesse a ultima bola sobrando menos de 1 segundo, por sorte eles não converteram os pontos, e o jogo foi para o OverTime, pior para o Bulls que já não contava com Kirk Hinrich e Taj Gibson foras por terem cometido 6 faltas.

Na prorrogação o Bulls começou melhor, não saiam muitos pontos, mas com mais 2 pontos de Boozer o Bulls tinha uma vantagem de 3 pontos restando 2 minutos. Alan Anderson cometeu sua sexta falta e ficou fora do resto do jogo, restava apenas 35 segundos o Bulls vencia por 1 ponto. Os arbritos não tinham certeza de nada e a toda hora acionavam a mesa para ver o replay.
Belinelli acertou apenas 1 lance-livre, mas o Raptors fez mais 2 pontos, novamente o jogo estava empatado e a bola era do Bulls, agora restando apenas 9 segundos. Dessa vez Luol Deng foi o escolhido para a jogada e ele sim converteu os 2 pontos mais ainda restava 3 segundos, agora o Bulls tinha que se defender. O Bulls fez a falta e restando 1 segundo o Raptors teve a ultima chance mas errou, e o Bulls venceu um grande jogo.

DESTAQUES

Carlos Boozer fez um grande partida e anotou incríveis 36 pontos, 12 rebotes e 3 assistências, junto com ele Luol Deng com 19 pontos, 6 rebotes e 7 assistências, Joakim Noah e mais um double-double 16 pontos, 14 rebotes e 3 assistências.

Pelo Toronto Raptors,  Kyle Lowry com 26 pontos, 5 rebotes e 7 assistências, Alan Anderson 27 pontos e 5 rebotes e DeMar DeRozan com 18 pontos.

ESCALAÇÕES

Chicago Bulls

  1. Kirk Hinrich
  2. Richard Hamilton
  3. Luol Deng
  4. Carlos Boozer
  5. Joakim Noah

Toronto Raptors

  1. Jose Calderon
  2. DeMar DeRozan
  3. Landry Fields
  4. Ed Davis
  5. Aaron Gray
Anúncios

271 comentários em “(22-15) Chicago Bulls 107 vs 105 Toronto Raptors (14-25)

Adicione o seu

  1. precisamos ganhar esses jogos contra times fracos, poupar o time n pode servir de desculpas, já que uma mescla de minutos entre titulares e reservas é mais que suficiente para ganhar de um time como os Raptors.

    1. Eu concordo. Na temporada passada, defendi uma escolh de posicoes, para um caminho mais fácil. Inclusive, dependendo do momento pegar de cara o heat. Penso que o técnico e bom de defesa mas precisa de alguém melhor para armar o ataque e convence-ló que 28 minutos e mais do que suficiente para chegar aos Playoffs. Nao consigo entender por que deng joga 43 minutos. Claramente ele nao confia no bbb – bom bonito e barato do Gar. Teague jogou 6 minutos outro dia e nao arremessou uma bola sequer. Se era para trazer mohamed, era melhor ter ficado com thomas. Quando defendi a escolha da posição de entrada o james argumentou que nao era licito. Mas o que mais se vê neste tipo de campeonato, onde há qualificaríeis e a escolha do caminho. Ate mesmo na copa do mundo. E como e aceito nao há ilicitude. Eu concordo com o james, mas por duas vezes o Bulls fez a melhor campanha e ficou pelo caminho. Na conferência leste nao vejo problemas, mas o complicado e a conferência oeste que nesta temporada tem sido ingrata com o bulls. Penso que deveríamos ter dois reforços, daquela conferência, para realmente termos condições de vencer mais um campeonato.

      1. Marcelo eu discordo da sua posição, sempre imagino que o campeão deve o melhor nos plays e na temporada regular, penso sempre na vantagem de jogar mais jogos em casa, ideal seria ganharmos no UC o 7º título.

  2. Caros,

    Desculpem, mas penso que todos deveriam ler matéria da desaposentadoria, pois o governo mais uma vez quer nos tungar. Mudei de vida drasticamente por causa disto. Querem que trabalhemos ate os 90 anos sem contrapartida e os caras roubando em brasília. A desaposentadoria e um direito do cidadão. E as pessoas só fazem isto por que estão duras. No meu caso vou perder meu salário para levar quatro mil por mês. E vergonhoso. E os senadores levam cento e vinte por oito anos. Devemos protestar. Querem nos escravizar. E por migalhas.

    Desculpem mais uma vez. O STF vai decidir ao longo do ano e devemos pressionar.

  3. Por mais que boozer tenha melhorado nessa temporada, eu tentaria uma troca pelo rudy gay, volta e meia se especula que o memphis queira negociar, é um jogador novo com muita capacidade, os valores são semelhantes, e poderiamos abrir mão do RIP, traria ainda o kenyon martin para fazer sombra pro TAJ como PF.

    1. Meu amigo, o Memphis ‘queria’ se livrar do Gay pra não pagar multa por exceder o CAP. Porque raios iam pegar o contrato do Boozer que é muito pior que o do Gay?

        1. Sim, é 1,4 milhão nessa temporada, e vai aumentando nas proximas duas. Digo pior pela produtividade. Alem deles terem um garrafão sólido já, então a troca nao faz o menor sentido.

  4. Putz, contratei o Oden no NBA 2K13 e ele se machucou no segundo jogo!! Fora da temporada!!! To sem reserva para o Cousins agora 😦

    Não tenho direito de reclamar do Forman mais, contratei Oden!!

      1. kkkkkkk… Loveless e sua dose extra de veneno… mas é imrpessionante o que ele vem jogando, e não é só na ofensiva, que ele já demonstrou seus dotes por aqui também, é na vontade, na atitude, que eu ainda não tinha visto por aqui…

    1. Duda, é laranja com banana, com certeza.. eu odiava o Korver, o cara só sabia chutar (e tenho minha dúvidas o quanto D-will e Sloan tinham influência nisso), o Belinelli chuta com a mesma propriedade, e ataca a cesta muito melhor…

      1. com ctz!! o korver tinha algumas jogadas que eu gostava bastante….principalmente aqueles passes rápidos pro taj ou asik…e acho que foi prejudicado tbm pelo nosso esquema ofensivo….mas não da pra comparar mesmo….

  5. Caramba, a movimentação ofensiva do bulls tá excepcional, cestas fáceis costumam vir com frequencia. Bem diferente do tempo em que eu assistia o jogo e parecia que nenhuma bola ia cair porque o time não tinha jogadas. VDN não deixou saudades para mim 😛

    1. apesar de eu gostar do estilo do Boozer e ele ter sido um dos meus jogadores favoritos quando ele jogava no jazz, ver ele jogando bem me deixa um pouco preocupado de a diretoria continuar apostando nele pro futuro do time. Ótimo que ele esteja jogando bem assim, mas se houver algum cenário favorável em que a sua saída poderia ocorrer, eu preferiria ver ele fora do bulls. Ainda mais se pensarmos que temos o Gibson e talvez o Mirotic, fora possíveis trocas envolvendo outros PF’s da liga, como o Kevin Love que todo mundo (incluindo eu) baba por ele

  6. Quando o Rose voltar, duvido muito que o Boozer mantenha esse ritmo.. Rose não sabe armar, e para o Boozer render, tem que ter um armador ali.. sem contar q o Rose monopoliza a bola a partir do 3º quarto.

    Thibs vai ter que rebolar pra dar um jeito nisso..

    1. A principio eu vejo o D-Rose mudando um pouco, não o vejo com tantas infiltrações, atacando o garrafão a todo momento devido a lesão. Acho que isso foi bom no sentido que acredito que quando ele volte, alem de ser mortal, ele consiga envolver os companheiros tambem.

    2. É a mais pura verdade, já disso que o Rose é o mais mortal com a bola nos braços, mas não é dos armadores natos, apesar de eu achar que ele distribui decentemente. O negócio é o Thibs aproveitar a rotação do Kirk com o Boozer e o Rip em quadra, como está acontecendo agora… será mais proveitoso para a equipe…

  7. Alguem ja reparou que toda vez q o Butler esta livre na linha dos três ele da um pulinho pra frente e arremessa? (e normalmente erra)

    Tem que melhorar essa confiança ai senhor Butler!!

  8. olha esse ranking defensivo aí, foi só o Thibs chegar que a defesa do Bulls virou, no mínimo, top 3. Tudo bem que o xerife deixa um pouco a desejar no ataque, mas plmrdds, digno de nota o que ele faz com um time

    1. Eu pessoalmente amo o Thibs, o time mudou demais desde que ele veio, queria que ele fosse técnico por anos e anos por aqui. Defensivamente o cara é um monstro, mas fico pensando, será se no ataque ele deixa mesmo a desejar? Talvez se comparado a técnicos muito bons ofensivamente isso pareça ser verdade, mas acho que se formos olhar os ultimos técnicos que o bulls teve, a mudança em termos ofensivos também é grande, na minha opinião. Eu sofria vendo o bulls anos atrás, porque não havia movimentação ofensiva, bolas fáceis, jogadas de segurança, e hoje o bulls parece controlar certos jogos com facilidade, tanto defensivamente quanto ofensivamente

      1. Olha, pra ser sincero, eu não acho ele tãããããão fraco assim no ataque, acho ele limitado. Tem hora que fica claro pra mim uma falta de organização em algumas jogadas, especialmente nos minutos finais dos jogos. Mas tá longe de ser o pior no quesito. A questão é que o técnico que veio antes dele tava numa fase de aprendizado e, por isso, não pode ser usado como parâmetro de qualidade.

        1. Isso eu concordo, mas eu ainda acredito numa evolução do Thibs nesse quesito, porque com o Boston só esperavam dele no setor ofensivo, só apenas no bulls que ele vem tendo essa experiencia de comandar tanto ataque e defesa, acho que aos poucos essas limitações podem ser corrigidas

  9. Esse Kyle Lowry é um baita armador. Ajudado é claro pela falta de marcação do Nate. Mas é inexplicavel um cara desse ser banco do Raptors. joga demais.

      1. Nao torço contra ele. Só penso que o tempo dele já passou. Nao da para ter 3 jogadores com validade vencida no elenco, RIP, kirk. Mohamed. E um que nao joga nunca radmanovic, outro o tal do cookies, sem sabermos o potencial do cara, jogando dois minutos. Por isto os outros sete sao sacrificados alem da conta.

      2. Só to brincando cara, o bicho tem um qi de basquete absurdo, mas realmente ta em decadência, só achei divertido que ele começou a pontuar bem quando vc reclamou dele

  10. Esse é o Bulls…1ºtempo espetacular e apaga depois do intervalo…..

    Cansaço? falta de concentração? confiança excessiva?? Eu não sei responder….Mesmo assim: GO BULLS

  11. Tava lendo aqui, o Knicks tá colocando escutas em quadra pra provar que os caras ficam provocando o Melo… kkkkkkkkkk….. como se precisasse provar… os caras devem falar até que a mãe dele trabalhou. bem, vcs sabem aonde…

  12. Se o Boozer terminar com 32, vai sair com fama de pipoqueiro que nao fez mais nada quando o Raptors ameaçou reagir, mais ainda pq o Taj teve confiança pra encarar o aproveitamento pífio dele nos três primeiros quartos e começou o último pontuando.

    Até a melhor fase do Booz tem seus poréns, hauhhuhuhuahuhuha

  13. Pelo que eu percebi, o banco do Raptors bagunçou a defesa do Bulls… ja fizeram 54 pontos nesse jogo. Fora que o time ja ta com a ligua de fora… fortes emoções pela frente… =/

  14. Esse box score da nba é uma bosta.. mas pelo menos mostra quem tá em quadra… o da espn é mais real, mas não mostra quem tá em quadra… ainda bem que desembarco amanhã… domingo nasce o menino, com fé em Deus!!!

        1. Não entendo Duda.. você nunca demonstrou preocupação com essas atitudes do Thibs, em insistir com jogadores que estão nitididamente em dias ruins.. inclusive ja entramos em uma discussão longa sobre o assunto, onde você concluiu que isso não passa de convicção do coach.

          Por que o incomodo agora?

          Não estou perguntando pra criar polêmica, entrar em discussão, nem nada, é que me surpreendeu essa sua postagem, pois é justamente o que eu penso desde sempre.. simplesmente não faz sentido.

          1. não sei man…acho que existem situações e situações…não me lembro qual a situação do jogo, ou o jogador usado no caso que estávamos falando sobre, mas hj realmente me incomodou…continuo respeitando as convicções dele mas hj não consegui entender pq ele deixou o cara que é o titular dele no banco enquanto o reserva tava jogando mal e cansado, pois jogou o 4° quarto inteiro e o OT tbm….

            talvez o momento em que discutimos isso tenha sido no começo dele no bulls, ou em playoffs, não me lembro mesmo…mas não sou um cara cabeça dura hahahahaha sou a favor da mudança de opinião quando a mesma tem fundamento heheheheh

  15. DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEENG!

  16. VTNC…………Tem que ser assim sempre?????? Qualquer hora dessas dá infarto…..

    Valeu demais DENG!!!!!!! Boozer e Noah DD…Valeu Bulls…só não precisa ser assim

  17. Deng e Boozer decisivos, de resto… Noah no fim do jogo e na OT só fez cagada… Valeu pela vitória, mas sempre esse sufoco, e essa falta de concentração contra esses timecos aí tem que parar.

  18. Que sufoco, meu, jogo complicado demais. Bulls teve longe de sua melhor performance. E aquele problema q comentei com o Andre lá em cima ficou evidente outra vez. Tudo bem que não tem o Rose e falta O cara pra decidir, mas não justifica essas jogadas que o Thibs manda rodar nos momentos decisivos.

    Nossos armadores fizeram jogadas previsíveis e foram facilmente marcados. Não vi exatamente quem marcou o Belinelli nesses últimos lances, mas qualquer backcourt minimamente decente pra defender segura essas jogadas. Um time com DeRozan, Fields e companhia então nem se fala. Rip teve um 3/4 excelente e o Thibs sentou o cara pra insistir no Belina (que foi mto mal hoje) e no Hinrich até a sexta falta.

    Valeu a vitória, com certeza. Mas podia ter sido mais simples.

    E tomara que essa fase do Boozer persista, rs

  19. LeBron James acaba de se tornar o jogador mais jovem da liga ao chegar aos 20 mil pontos..

    Se a gente for tirar os pontos que le fez de faltas inexistentes e andadas, esse numero vai para 10 mil fácil!!! rsrs

  20. O fato do Rip não ter voltado deve fazer parte de um plano para mantê-lo inteiro nos play-offs, já que dificilmente tenho visto ele jogar mais de 20 minutos, e hoje ele jogou 18… O fato do Thibs ter apostado no Belinelli vem do fato dele ter tido ÓTIMAS atuações anteriormente, sendo inclusive aclamado pela galera do blog. Mas torcedor é torcedor, não dá pra pedir pra não ficar indignado por não ter ganho de 20 pontos fora de casa… rsrs…

    O que mais me preocupa é Deng e Noah atuar 48 minutos para derrotar o Raptors… Tudo bem que pelo que parece, o Thibs apostou tudo hoje em quebrar esta rotina de perder para franquias mais fracas. Mas em um movimento normal, eu teria ficado com Mohamed e Butler muito mais tempo em quadra. Miami tem feito isso, perde para franquias tão fracas quanto, e no final a gente já conhece o filme.

    Repito: estamos indo muito longe para uma franquia sem um all-star de verdade (apesar das atuações all star do Boozer). Espero que o Thibs tenha aprendido a real lição, de se usar e abusar de alguns titulares durante a temporada regular, atrás de um primeiro lugar que pode não dar nenhuma vantagem significativa nos play-offs, levando um time desgastado para os play-offs. Às vezes, me parece que ele tem a empolgação de um torcedor, que sempre quer ganhar a qualquer custo, ao invés de ser simplesmente treinador.

  21. Aconteceu algo com o Rip? ele tava bem no jogo e depois que ele saiu o ataque desandou o Belinelli quase ferrou o jogo com um aproveitamento terrível em tudo que tentava graças ao Deng que apareceu na hora certa pra decidir, foi um teste pra cardíaco mas passamos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑