Gordon deverá ser efetivado

Com a lesão de Hinrich, Ben Gordon deverá ser efetivado como titular na partida contra o Atlanta Hawks e dividirá a armação com Derrick Rose.

Depois da boa atuação contra o Cleveland Cavaliers, o ala-armador Ben Gordon deverá ser efetivado pelo treinador Vinny Del Negro na partida em que a equipe do Bulls terá contra os líderes da conferência do leste, o Atlanta Hawks. Ao ser abordado, Del Negro dá dicas sobre a escalação do jogador.

“Ben fará algumas coisas, mas precisamos dele para pontuar. Ele tem a capacidade de realizar arremessos difíceis, é a sua característica, quero ajudá-lo a realizar o seu trabalho da melhor forma possível,” disse o técnico.

“Sei que ele tem sido produtivo, este é seu papel e ele sabe disso. Precisamos dele de uma forma coerente,” completou o treinador.

Anúncios

14 comentários em “Gordon deverá ser efetivado

Adicione o seu

  1. Ele mostrou uma grande evolução de técnica pra essa temporada….

    Mas ainda peca por parecer lebre nervosa as vezes, querendo arremessar a todo custo com 15 segundos de posse de bola, motivo (junto ao problema defensivo) pelo qual sempre fui um crítico dele.

    Tá mais que merecendo ter essa oportunidade, se bem que já teve no início da temporada passada e deixou escapar, afinal ele, como o Leandrinho, são jogadores de transição e contrataque bem explosivos e efetivos, mas que ficam visivelmente apagados em jogo de meia quadra, mas como eu disse, evoluiu bastante e merece essa oportunidade… e quem sabe, se souber aproveitar, pode se tornar um dos melhores da liga, deixando de lado o título de “grande promessa do Paxson”.

    E outra, lembrando que foi visivelmente injustiçado na renovação, quando foi preterido em função da renovação RIDÍCULA do Deng, logo, pra um jogador que poderia estar fazendo corpo mole por mágoa com a diretoria, acho que ele tá tendo um desempenho mais que exemplar que prova totalmente o contrário.

  2. Danton, como voce disse, o Gordon é um jogador com transição rápida, de bom arremeço, mas muito precipitado. O Thomas é um jogador tambem de transição rápida, de muita explosão fisica, mas precipitado tambem. O Bulls, como um todo é um time muito leve, que poderia ter uma transição muito rapida da defesa pro ataque, pegando o time adversário completamente desarrumado, possibitando que o TT vá em direção a cesta com mais liberdade (não da pra deixar o cara arremeçando de media distancia que ele jah mostrou que naum sabe), deixando o Gordon chutar como uma lebre nervosa (ahuheuheuhea essa foi mto boa), o Rose poderia fazer esse time jogar mais frenéticamente como fazia o Nash no Suns de Mike D’Antony de duas temporadas atras. Se voce comparar esse Suns e o atual Bulls chegara a conclusão q são times paracidos:
    _Nenhum dos dois tem um pivo de oficio (jogam ala-pivos improvisados)
    _Armadores habilidosos e especialistas em assistncias (Nash e Rose)
    _Alas- armadores de bom arremeço e transição rápida (Barbosa e Gordon)
    _Alas arremeçadores (Deng e Diaw)
    _Alas- pivos sem muito porte fisico mas com muita explosão muscular (Marion e Thomas).
    Conclusão: a melhor maneira de tirar o máximo desse time é jogar no bom Run and Gun daquele Phoenix do D’Antony. Não dá pra continuar inssistindo nesse jogo em meia quadra sem um pivo de verdade e alas que cadenciam melhor o jogo. Sendo que o atual time do Bulls se adequaria perfeitamente a um Run and Gun.

  3. concordo tb,a tualmente no elenco niguem ta merecendo essa posiçao mais do que ele.
    Soh acho q p ele entra o nocioni tb deveria ser titular,pq assim a defesa ficaria mais forte e o gordon nao precisaria se preocupar tanto com a parte defensiva.acho eu neh,se estou enganado, me corrijam

  4. Acho que está mesmo na hora do Gordon ter chances maiores em quadra, 29 pontos em 2 jogos consecutivos! Pra fazer isso o jogador tem que ser no mínimo bom no ataque! E o Gordon é o tipo de jogador que se reveza, fazendo boas atuações no ataque, na armação e na defesa.

  5. Gostaria de saber quando a classificação do bolão será atualizada. Se alguem souber, por favor, me informe.

    Já mudando de assunto, pelo o que eu estou vendo tem um jogador se destacando muito aqui no blog:
    Chris Bosh. Na minha opinião, é um dos melhores jogadores da NBA, na atualidade. Um exemplo de sua enorme qualidade foi mostrada ontem, na vitória do Raptors sobre o Bobcats, Bosh anotou 30 pontos e 15 rebotes.
    Outro que se destacou ontem, foi o alemão e MVP, Dirk Nowitzki, com 33 pontos e 7 rebotes, anotados na derrota do Dallas sob o L.A Clippers.
    Além de Derrick Rose, outro jovem vem se destacando na NBA:
    OJ Mayo converteu 33 pontos e 8 rebotes na derrota do Grizzlies para o Nuggets.

  6. Vou fazer um comentário e tenho certeza que vou ser muito criticado pelo comentário:
    O próximo jogo do Bulls é contra o Atlanta Hawks. Estou praticamente com certeza de uma derrota do Bulls frente á um dos líderes da NBA, com uma impecável campanha de 5-0. Enfrentaremos um time com excelentes jogadores, como Mike Bibby, Joe Johnson e Josh Smith. Quanto ao Smith, escutei alguns comentários sobre um Atlanta possivelmente desfalcado de Josh Smith. Se for verdade, é menos um, mas o adversário tem seus dois outros triunfos (Bibby e Johnson), um deles inclusive de seleção, Joe Johnson. De qualquer maneira, temos nossas armas contra o Atlanta, mas o adversário é extremamente forte, isso é inegável. E agora como eu sempre termino o meu comentário sobre algum jogo:

    GO BULLS!

  7. Prezado Levi, até comentei sobre isso em posts passados. Tá parecendo o jeito do Suns jogar, Run and Gun, (Claro que guardadas as devidas proporções em relação aos jogadores), improvisando um Ala-Pivô na 5 e um ala na 4 e com um armador que faz o time jogar rápido. Eu fico pensando sobre isso, se o Suns que tinha melhores valores, pelo menos no quinteto titular, não conseguiu um título, imagina nosso time. É claro que é um estilo de jogo bonito de se ver, mas precisa saber se realmente vai levar a algum lugar.
    Agora sobre o post. Sinceramente, acredito que o Gordon mereça ser titular, pelo que vem provando, tá longe da defesa ser sua especialidade, mas ele dá sua contribuição e grande por sinal no ataque, é sua especialidade, se bem que acho até ele mais disposto a marcar nesses principio de temporada, ao contrário do nosso amigo Deng. Quem tá lembrado de uma jogada nesse último jogo que o Lebron tava na linha de 3 pontos, bateu pra cima dele, fez um giro e enterrou com as duas mãos na kra do Deng, que humilhação foi àquela jogada (tá nos videos do site da NBA).

    Abraços a todos!!!

  8. Levi, discordo de ti ó!

    Odeio o Run And Gun, não me recordo na história recente de alguém ganhando um título com um esquema tão pífio…

    Aliás, o feito mais marcante conseguido pelo que me recordo foi a surpreendente eliminação do Dallas pelo Golden State, na temporada retrasada.

    Suns com um brilhante time nunca conseguiu. nada além de classificação para playoff.

    Agora eu concordo de que temos que utilizar um esquema onde possamos aproveitar da melhor forma o atleticismo do time, e até usar em algumas ocasiões o Run And Gun (aproveitando o cansado de oponente ao fim do quarto por exemplo), mas utilizando como carro chefe não iríamos a lugar algum. Talvez uma das ultimas vagas de playoff sendo eliminados de primeira.

    Quer um exemplo de um time que tb não tem pivô e tem ido bem até agora? O Miami Heat, e por favor não venham falar “aaaah mas eles tem o Wade que é foda”, que não serve de justificativa.

    Eles tem um garrafão composto por dois jogadores de 6-7 e 6-8 que são o Beasley e o Haslem, que em conformação física são inferiores aos nossos, mas tem se valido de estratégias ofensivas e principalmente defensivas (Zona, individual com dupla no pivô, etc…) que tem desmontado times com garrafão muito superior, embora eles tenham pecado contra os times sem jogo de garrafão.

    E é isso que temos que copiar, pois é o que tem dado certo.

  9. Está claro na história da NBA que a defesa ajuda DEMAIS a ganhar um campeonato!

    Mas, no caso especifico do Suns ate o ano passado, acho que valeria a pena insistir..
    era um filosofia de jogo, oras!
    Não deu certo, ao meu ver, pq, quando chegavam na hora de enfrentar o Spurs, preocupavam-se em entrar no esquema de jogo deles, ao invés de tentar impor o seu proprio!

  10. Gordon está merecendo estar na titular, uma coisa é inegável, ele sabe fazer cestas como ninguém, só vamos sofrer na hora que ele precisar marcar…..mas até aí, esse é o nosso carma né!

  11. Bom… mas eu vejo o time com melhores olhos, dentre milhares estatégias de jogo, apelar pra pobreza técnica do Run and Gun como carro chefe (em vez de usado seletivamente) seria subestimar a imensa capacidade técnica de jogadores como Rose, Nocioni, Gooden e outros.

    E outra, San Antonio apenas foi pra Phoenix o que Detroit, Boston, Atlanta e Cleveland, ques estão com as defesas mais sólidas do leste seriam pra gente, sobretudo os dois primeiros.

    Aaaaaaaaaah Luís, e discordo dessa de entrar no ritmo de jogo, não era questão de impor um ritmo. Era muito simples, começava o corre corre e logo tinha-se Bowen , Parker e Ginobilli fechando o caminho, nem que se quisesse dava pra continuar na mesma. Fato é que hoje, mesmo de bengala o time tem mais chances de levar um anel, e eu aponto inclusive entre os favoritos, do que nas ultimas temporadas.

    Pra falar a verdade cara, mudando o foco do ponto de vista defensivo. Tive olhando algo interessante (e desanimador), todos os times na história recente a ganhar titulo, tinham no garrafão um dos dois principais jogadores da equipe. Excessão? Nosso hexacampeonato. Motivos? o Melhor backcourt da história.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑