Lance Livre – Estou muito exigente?

Depois de noticiar tantos rumores neste período em que estou no blog, cheguei algumas conclusões importantes que passam do limites do nosso Chicago Bulls

Confesso que sou um pouco chato com o Chicago Bulls e sei que a emoção às vezes extrapola, mas, muitas vezes bate uma saudade do passado, dos talentos que o Bulls tinha e fico me perguntando se teremos jogadores tão talentosos como tivemos. Na verdade nem em Chicago e nas outras equipes da NBA encontraremos. Craques como Lebron James, Kobe Bryant não chegam perto aos ídolos do passado. Analisando os jogadores friamente, observamos que não existe nenhum jogador com a explosão, talento e capacidade de decidir partidas como o Michael Jordan, é ilusão encontrar algo parecido, a minha sorte que pude assisti-lo. Acompanhei os seis títulos, junto com Scottie Pippen, um jogador que tinha a capacidade de jogar em todas as posições, armava , bloqueava. Hoje vejo Luol Deng com a aquela pose pedindo mais que o dobro do salário de Pippen recebia, algo absurdo.

Olha, sinceramente vejo que a qualidade dos jogadores caiu muito e o mais engraçado que hoje se treina mais e mesmo assim, a gente observa que muitos deles tem enormes deficiências. Deng mesmo é um exemplo, excelente arremessador de perímetro e só. Não sabe infiltrar, armar, resumindo: previsível e fácil de marcar.

Ben Gordon é um jogador que não marca, Hinrich não infiltra, marca apenas e não é agressivo ofensivamente. Ben Wallace, que recentemente jogou em Chicago, tem um péssimo aproveitamento nos lances livres e ofensivamente é uma negação.

O pior que não é só no Bulls observo que vários jogador de basquete tem deficiências e não tem o mesmo talento que ídolos do passado. Magic Johnson, em 1980, estava estreando no Lakers, assiste a lesão de Kareem Abdul Jabbar (que o afastou das finais na liga) e assume a responsabilidade, vai para o garrafão e acaba com a partida. Que jogador hoje teria essa capacidade?

Pivô mesmo é artigo de luxo. A NBA sempre foi sinônimo de grandes homens de garrafão. Hoje, qual o craque da posição? D 12? Um ala de força que foi improvisado na posição e que deu certo. Os torcedores podem observar em cada equipe que não existe alguém de origem na posição cinco, quase sempre é alguém improvisado.

Na posição do grande Michael Jordan, algo semelhante ocorre, o Bulls improvisou Ben Gordon, Kirk Hinrich, Larry Hughes, todos os armadores que tem certa facilidade para arremessar, mas longe de serem alas-armadores.

Os jogadores estão mais preparados fisicamente, tem nutricionistas, fisioterapeutas, mas, o talento é perdido proporcionalmente com o ganho de condicionamento físico. No futebol acontece também algo semelhante, as pontas sumiram, laterais e meias de ligação são raros e por isso, assistir a um grande jogo de futebol e basquete está a cada dia mais chato. O vôlei mesmo os atletas estão mais altos e a emoção não é a mesma, emoção é só no feminino onde a força não é a mesma e ainda conseguimos assistir ralis.

Víamos em anos anteriores craques desequilibrando por dez, quinze anos e hoje idolatramos qualquer um que faz embaixadinha e joga bem por um ano e depois some e vive da fama para o resto da vida.

Agora voltando a nossa realidade, será que temos jogadores para trocarmos? Infelizmente, para conseguirmos algum bom jogador, teremos que perder algum, resta analisarmos qual que vale a apena perder.

Anúncios

14 Respostas para “Lance Livre – Estou muito exigente?

  1. Cara gostei da sua matéria mais vc está certo o rendimento a cada ano fica pior e a cada dia no futebol o jogador não honra a camisa que nem no basquete tais como :Leandro,Nenê e varejão que não honra a nossa camisa

    E aproveitando aqui pra flar

    eu poderia também ser colunista aqui do Blog Bulls Brasil

    eu já acompanho a anos esse blog e queria ser colunista posso??

  2. AChei ótima esta matéria… Acompanho o site há mto pouco tempo mas acho q esta foi a melhor matéria jah feita, falando da realidade do Bulls e da NBA….
    Os jogadores só kerem dinheiro, antigamente naum… Eles keriam jogar, mostrar o q sabem, dinheiro era od menos….

  3. Marcos….otima matéria……..realmente é assim que acontece……Pippen foi o ultimo que vi jogar por amor ao seu clube….sei ainda de alguns exemplos em termos de se esforçar pra jogar pela seleção, Dirk, Ming, o proprio nacioni e etc…amam jogar por suas seleções…..mas falar sobre equipe cara o ultimo que vejo hoje em dia, é o esquecido do Alonzo mourning…..q estar perto de terminar onde começou… oq dizer….ele estar em uma geração que não é a sua……..como eu e alguns torcedores do nosso amado bulls……enclusive você Marcão……sab qual é o divisor de aguas aí?!?! é que tanto eu, qt vc e tantos outros que postão aqui, VIRÃO JORDAN E PIPPEN JOGAREM JUNTOS.

  4. Muito bom o artigo …Infelizmente hj os jogadores acham q fazer 10 pnts por jogo jah vale um grande salário …Antigamente os jogadores jogavam em busca de reconhecimento e respeito dentro do esporte …E como o Muller disse hj em dia nem o país deles os jogadores querem representar algo q antigamente era o sonho d todos …Axo q falta amor ao esporte ,naum vendo isso como forma d lucro mas sim como uma realização dakilo q tanto sonhou !

  5. A gente que viu Jordan /Pippen e mesmo o excepcional Rodman vê hoje o Bulls pagar quase 12 milhões para um jogador limitado como Deng e ficar fazendo novela pra renovar com Ben Gordo,.É brincadeira!

  6. Pippen e Jordan eram dois monstros defencivos, dois monstros ofensivos e dois jogadores conscientes.

    A história do nosso time nos credencia a ser chatos e resmungoes, pq o bulls é um time de tradiçao e que merece um elenco a altura dessa tradiçao

  7. Bem, naum gostei do artigo. Achei sem propósito, querer comparar os dois melhores jogadores da história. com os jogadores atuais. Se jogadores com o talento deles naum fossem tão raros, evidentemente deixariam de ser tão importantes.
    Atualmente naum existem jogadores iguais a eles, assim como naum existiam jogadores assim antes deles.
    Espero poder ver uma jogador com um talento equiparável ao deles novamente (de preferência no meu bulls), mas isso dificilmente vai ocorrer, e é algo que temos que aceitar.

  8. Gnomo, não comparei os dois melhores jogdores da história, a ideia foi outra.
    Quis mostrar é que apesar de muitos mais treinementos, vc observa que cada dia os jogadores são mais limitados e ganhando muito mais que os idolos do passado.
    Jordan era fraco na defesa e se aprimorou, vc vê essa força de vontade os atuais jogadores?
    Cmparei o basquete cm ofutebol, a quatidade de valores tb está em qued e na memsa proporção que na NBA.
    As pessoas acham lindo as enbaixadinhas do Ronaldinho Gaucho e pergunto, ele jogou 2 ou 3 tempodas boas e depois some. Antigamente o craque arrebentava 10 anos seguidos e hoje as pessoas se conformam com pouco. Existe toda uma preparação com nutricionistas, fisiologistas etc e há uma pouca evolução técnica, apenas ganho físico
    Imagina esses jogadores e até mesmo jogadores que antecederam a Jordan, Magic, Bird e Pippen com a atual preparação.

  9. A crítica não é no Bulls, é no nível do basquete e ao futebol

  10. Agradeço a todoos pelos elogios, fico feliz por gostarem do artigo.

  11. ta mto bom! isso devia ser lido plos atuais jogadores rs

  12. Realmente uma matéria muito boa… Tudo isso mostra a dura realidade de alguns esportes coletivo… Parabéns pela matéria!!!

  13. Artigo muito bom… Pena que Deng, Paxson, Kirk e Gordon da vida num leiam né… Acho uma falta de respeito para com a história do Bulls, fazer contratos tão altos para jogadores extremamente limitados…

    Paxson por ter jogado naquela época devia por a mão na consciencia e parar de supervalorizar esses moleques que se acham os reis da cocada preta…

  14. Muito boa matéria! concordo com vc!
    hj em dia eh dificil agente encontrar jogadores com o msm nivel de antigamente………..
    hj em dia o pessoal idolatra Kobe Bryant, mas se vc for olhar, quase no final da sua carreira ele soh ganhou um MVP enquanto Jordan, em 97, 98, já tinha ganho muitos…….
    em relação a posição do bulls, tudo que agente pode fazer eh torcer pra uma elevação no nivel do time e confiar em Derrick Rose, que disseram ser muito bom, mas pelos resultados na Summer League não parece ter ajudado muito ainda… Mas, mesmo assim agente tem que confiar!!!!!!!!!!!
    Nunca Kobe Bryant, LeBron James, ou qualquer outro cara que venha vai ser melhor que ele.
    NUNCA!!!!!!!! ELe foi, é, e SEMPRE será o melhor!!!!!!!!!!!
    Airjordan23 4Ever

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s