A história de um Chicago pouco conhecido

Conheça a história do Chicago Stags, a primeira equipe de Chicago que fez parte da NBA.

Muitos torcedores não sabem, mas o Chicago Bulls não é a primeira franquia formada em Chicago. Antes dos Bulls, as equipes que representaram a cidade foram os Stags, entre o período de 1946 a 1950, e o Chicago Packers, em 1961 que, no ano seguinte, virou Chicago Zephyers e hoje é a equipe do Washington Wizards (falaremos em breve).

Apesar do pequeno período de existência, os Stags fizeram história na liga. A equipe surgiu junto com a criação da liga, que na época, em 1946, era BAA (Basketball Association of America) e que recebeu o nome de NBA em 1949, quando houve a fusão da BAA com a NBL (National Basketball League). E, em apenas quatro anos de franquia, conseguiram um feito curioso: após uma troca com o Tri-Cities Blackhawks, adquiriram os direitos do então novato Bob Cousy, que mais tarde se tornaria um grande ícone do Boston Celtics.

A equipe mandava seus jogos no Chicago Stadium, que era considerada, na época, uma das melhores arenas dos Estados Unidos. Foi também o ginásio do Chicago Bulls de 1967 até 1994, tendo sido demolido um ano depois. Entretanto, não existia na época a mesma cobertura que existe hoje em dia das partidas de basquete nos EUA. Apenas a franquia de Washington tinha seus jogos gravados para serem exibidos na televisão. O público que comparecia para assistir os embates era pequeno.

O primeiro técnico da equipe foi Harold Olsen, que seria nomeado para o Basketball Hall of Fame anos depois. O treinador estava na Universidade de Ohio State antes de ser contratado e foi o criador da regra dos dez segundos para atravessar a quadra de defesa (hoje são apenas oito segundos). Alguns jogadores marcaram a existência da equipe. Eram os casos de Max Zaslofsky (maior pontuador da BAA na época), do armador Mickey Rottner e do pivô Chuck Halbert.

Na primeira temporada dos Stags, a BAA tinha 11 equipes divididas em duas conferências. O time de Chicago ficou na divisão ocidental, na qual foi vencedora com 39 vitórias e 22 derrotas, superando o St Louis Bombers. O time chegou na final e foi derrotado para o Philadelphia Warriors por 4 a 1.

Na temporada seguinte, no entanto, o Stags não foram tão bem. Eles chegaram em segundo lugar na sua divisão (eram quatro participantes). Foram 28 vitórias e 20 derrotas, ficando a um jogo do Bombers, em segundo lugar geral na Liga (o número total de equipes caiu de onze para oito). Nos playoffs, os Stags foram derrotados pelo Baltimore Bullets, que acabou sendo o campeão.

Na temporada 1948-49, Chicago novamente chegou à fase final da liga e desta vez foram derrotados para o Minneapolis Lakers (atual Los Angeles Lakers) por 2 a 0. Vale ressaltar que os Lakers foram os campeões. Antes que a temporada chegasse ao fim, Philip Brownstein assumiu o comando do time e ficaria no cargo até a extinção da franquia.

Max Zaslofsky com a camisa branca do Stags. Max era o maior cestinha da BAA na época.

Conforme dito anteriormente, ocorreu em 1949 a fusão da BAA com a NBA. Tal fato, junto com o crescimento de times na liga, fez com que o grau de competitividade ficasse cada vez maior. A primeira temporada da NBA foi, ao mesmo tempo, a última do Stags, pois a franquia estava perdendo espaço com o surgimento de novos adversários. A equipe acabou se classificando novamente para os playoffs, mas não perdeu na semifinal e chegou ao seu fim de vida sem ter conquistado um título.

Quando a equipe foi extinta, seus jogadores foram divididos por outras franquias da NBA. Foi assim que Bob Cousy, foi parar no Boston Celtics, e o resto é história: tornou-se um dos maiores jogadores de todos os tempos, consolidando-se como ídolo da sua equipe nos anos posteriores.

O Chicago Stags não foi esquecido. Em três partidas da temporada 2005-06, o Chicago Bulls vestiu um uniforme que homenageava a antiga equipe, conforme ilustra a foto acima. Chris Duhon, na época, declarou que era o uniforme mais legal que já vestiu. A proposta da NBA para aquela temporada era de fazer algumas equipes usarem alguns uniformes antigos para homenagear sua história. Foi chamado de Hardwood Classic Nights. E o Bulls decidiu usar o uniforme dos Stags para comemorar os 60 anos do surgimento do primeiro time a representar Chicago.

Campanha do Chicago Stags:

Temporada V D % Playoffs Resultados
Chicago Stags (BAA)
1946-47 39 22 .639 Venceu as semi-finais da BAA
Perdeu a final
Chicago 4 x 2 Washinton
Philadelphia 4 x 1 Chicago
1947-48 28 20 .583 Houve um empate na divisão
Perd
eu nas semifinais
Chicago 1 x 0 Washignton
Chicago 2 x 1 Boston
Baltimore 2 x 0 Chicago
1948-49 38 22 .633  Perdeu nas semifinais Minneapolis 2 x 0 Chicago
 Chicago Stags (NBA)
1949-50 40 28 .588 Houve um empate da divisão
P
erdeu nas semifinais
 Fort Wayne 1 x 0 Chicago
 Minneapolis 2 x 0 Chicago
Anúncios

5 Respostas para “A história de um Chicago pouco conhecido

  1. Com o Camby indo para o Clippers ganhando seus 10 mi/ ano, o Deng ficou com apenas 3 escolhas: assinar um contrato de longa duração com o Bulls, aceitar uma qualifying offer de 1 ano ou forçar um sign and trade.

    O Memphis é o único time com potencial de fazer uma oferta pelo Deng, no entanto, como estão numa política de economizar o máximo possível, tudo indica que isto não acontecerá. Então pessoal, acredito que temos mais de 90% de chance em ficar com o Deng. Só um sign and trade milagroso tira ele do Bulls.

    Já em relação ao Gordon, tudo pode acontecer!

    Sobre o Rose, os exames médicos apontaram apenas a tendinite no joelho. Graças a Deus, não houve nenhuma lesão de maior gravidade.

    Muito legal a reportagem sobre o Chicago Stags!!!

  2. QUEM É O CAMISA 50 TOCANDO A BOLA PRO DUHON?

  3. Michael Sweetney

  4. e no banco Antonio Davis e Malik Allen

  5. A base de tudo:
    Chicago Stags

    WE LOVE CHICAGO!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s