(8-29) Miami Heat 96 x 126 Chicago Bulls (15-22)

O Chicago Bulls enfrentou o Miami Heat fora de casa e conseguiu uma boa vitória.

Chat – Box Score – Melhores momentos

Após uma derrota avassaladora para o Orlando Magic, o Bulls voltou a jogar fora de casa contra um time da Flórida. Dessa vez, o oponente foi o Miami Heat. É a primeira vez que as duas equipes se enfrentam desde a vitória dos touros nos playoffs da temporada passada. Os anfitriões têm a pior campanha da Conferência Leste, mas contavam com a volta de Shaquille O’neal, que não começava uma partida desde o dia 26 de dezembro. Pelo Bulls, Kirk Hinrich ficou mais uma vez de fora devido às dores nas costas.

O Bulls iniciou o jogo disposto a tentar apagar a performance apática da noite anterior. No primeiro quarto, o time anotou 14 dos últimos 19 pontos do período e terminou vencendo por 34 a 23. O Heat ameaçou encostar um pouco mais no placar no quarto seguinte. Contando com 18 pontos de Shaq durante a primeira metade, Miami acabou diminuindo a vantagem de Chicago para apenas cinco pontos. O placar no intervalo era de 58 a 53.

No terceiro quarto, o Heat chegou a diminuir a vantagem do Bulls para dois pontos (62 a 60) após uma cesta de Dwayne Wade a 9:03 para o fim do período. Diferentemente do jogo anterior, Chicago conseguiu acordar durante o jogo e encaixou uma boa sequência de pontos, abrindo 14 pontos de diferença no final do quarto: 93 a 79.

Com um último quarto ainda melhor, o Bulls sacramentou mais uma derrota do Miami Heat. Nos minutos finais de jogo, todos os reservas entraram em quadra. Tyrus Thomas foi o único jogador da equipe que não pontuou. Com 33 a 17 no período final, o Bulls conquistou uma vitória por 30 pontos frente o Heat, que atingiu sua décima primeira derrota consecutiva.

O destaque do jogo foi o veterano Joe Smith, que teve mais uma ótima atuação. O ala teve 23 pontos e cinco rebotes, acertando nove dos dez arremessos de quadra que tentou no duelo. Thabo Sefolosha, titular pela segunda noite seguida, anotou 17 pontos – sua melhor marca na temporada – além de seis rebotes. Ben Gordon e Andrés Nocioni, que vieram do banco, tiveram 24 e 20 pontos, respectivamente. Luol Deng somou 21 pontos e distribuiu oito assistências.

Pelo Heat, destaque para os double-doubles de Shaq e Udonis Haslem. O primeiro teve 24 pontos e 10 rebotes, enquanto que o último anotou 15 pontos e pegou 12 rebotes. Dwayne Wade contribuiu com 24 pontos.

O Bulls volta a jogar nessa sexta-feira, em Chicago, contra o Golden State Warriors.

Assista aqui o vídeo que colocamos na prévia desse jogo

Anúncios

3 Respostas para “(8-29) Miami Heat 96 x 126 Chicago Bulls (15-22)

  1. É melhor nem tentar entender esse time. Tá certo que o Miami é o saco de pancada, mas 30 pontos é demais. Nos próximos 8 jogos, 6 são em casa e os 2 fora são contra times fracos. Se o Bulls quiser algo esse ano tem que ganhar pelo menos 6 desses 8. Nesse exato momento eu não acredito que isso aconteça, espero que o time volte a jogar o que sabe.

  2. Infelizmente é pouco provável que isso aconteça Rodrigo!!!

    Concordo [2]

  3. no dia que eu não consigo assistir o jogo me vem uma vitória dessa
    vai saber o que acontece com esse time =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s